Depoimento de uma jovem advogada

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

"Olá Maurício como vai?? Já nos falamos algumas vezes. Sou de Londrina-PR. Acompanhei o blog desde o início da realização das provas da Oab e gostaria muito de elogiar e agradecer o seu empenho e companheirismo despendido nesse momento tão único e representativo em nossas vidas.

Graças a Deus eu consegui obter resultado positivo na realização do exame, fui aprovada com nota 9.0 na prova prático profissional, este foi o primeiro exame que prestei. E sei que não é fácil passar da primeira vez.

A felicidade desta conquista não tem preço...

Senti mais dificuldade na primeira fase, até porque sempre preferi provas subjetivas, e me identifico mais com a área trabalhista.

Quero te agradecer pois o seu blog nos dá total apoio e segurança, e como colocou em uma de suas útimas postagens "Chegou a Hora" o dia do amanhã exigirá cada vez mais o nosso suor... Assim é a vida, cheia de desafios, mas devemos ter conciência que são estes obstáculos que fazem de nós seres humanos vitoriosos e imprescindíveis na sociedade.

Continue sempre inserindo em seu blog mensagens de otimismo que tanto nos ajuda.

Agredeço de coração seu apoio.

Um grande abraço!!!

Nathália Turquino de Barros - Londrina/PR "

Entrega da carteira da OAB em 26/09/2009

É...têm coisas que o Mastercard não compra.

Parabéns Drª. Nathália Turquino de Barros. Sucesso e felicidades na sua nova carreira!!

25 comentários:

Anônimo,  1 de outubro de 2009 16:40  

PARABENS DRA NATHALIA,ESPERO TER O MESMO SUCESSO Q VC!!!!!!!!
TB TO FAZENDO TRABALHISTA TO ACHANDO MTO DIFICIL.

Anônimo,  1 de outubro de 2009 16:55  

ADVOGADO NÃO É DOUTOR!!!

Anônimo,  1 de outubro de 2009 19:19  

É linda essa Advogada ..

Anônimo,  1 de outubro de 2009 20:01  

Maior gata a Dr. Nathalia. Gostei!!!

Anônimo,  1 de outubro de 2009 22:11  

Gatinha a doutora

Anônimo,  1 de outubro de 2009 22:12  

Nathalia, parabéns...
bjomeliga!

aehuaheuae... =)

SCL 1 de outubro de 2009 22:36  

Parabéns doutora desejo muito sucesso para ti, que deus te abençoe e ti livre dos maus olhados.

Anônimo,  1 de outubro de 2009 22:54  

Anonimo das 16h55
Para de ser são paulino...
Parabéns Dra Nathalia
Além de muito gataaaa

Anônimo,  2 de outubro de 2009 00:21  

Nossa, olha o sorriso dela...

Alexander,  2 de outubro de 2009 02:20  

Parabéns Drª Nathalia! Essa vitória é sua!
Também espero ter o mesmo sucesso, pois estou indo para a 2ª fase do exame.

Ao "Anônimo" 16:55:
Meu caro, se você for pesquisar mais um pouco, vai perceber que o titulo de "Doutor" é adotado por convenção no Brasil à qualquer pessoa que conclua um Nível Superior. Ademais, sem nenhum demerito aos Advogados.
Se fores pesquisar mais ainda, perceberás que a titulação de "Doutor" foi outorgada, primeiramente, aos Filosofos e Advogados.
Não seja como muitas pessoas que, em uma lógica irresistível(mas sem muito raciocínio), acabam com as convenções, com valores e qualidades que se agregam às palavras com o passar dos tempos.
Por isso acabaram com a obrigatoriedade do Latim.

Mais uma vez, Parabéns Drª Nathalia!
Muito sucesso em sua jornada...

professorsergiolima 2 de outubro de 2009 11:38  

Parabéns doutora, a sua inteligência é maior que sua beleza, e não é pouca!!!!

RJ/Londrina

Ficaria legal kkk

Anônimo,  2 de outubro de 2009 16:09  

convenção inadequada, pura soberba.

Anônimo,  2 de outubro de 2009 20:01  

Tirar carteira da OAB, é como tirar de motorista, tira mas, não sabe dirigir, a grande maioria que passa não sabem de nada, conheço varios que passou e fica me ligando para efettuar uma petição, pois a que ele fez no exame, apenas decoreba de uma e substitui no exame, as faculdades estão preprando para passar na oabm, enão formando advogados.

KARINA 2 de outubro de 2009 20:24  

Perfeito Alexander...Me irrita esse povinho que tem inveja de nós,advogados.SOu advogada e já ouvi muitas pessoas tirando sarro quando alguém me chama de Doutora.Eita povinho despeitado!

Anônimo,  3 de outubro de 2009 00:57  

Não fez mais q obrigação e respeito a quem pagou seus estudos.
Incrível como passar na OAB virou "sorte".
Passei de 1a, pago essa coisa faz 5 meses.
Não tem glória e nem é excepcional.
É o mínimo esperado...

Anônimo,  3 de outubro de 2009 12:49  

Me referi aos erros do Anônimo 20:01 do dia 02 de outubro.

Anônimo,  3 de outubro de 2009 12:52  

Meu caro das 00:57, de 3 de outubro, tem glória e é excepcional, sim. Se o exame objetiva reprovação em massa, se é preparado para atingir tal objetivo, aqueles que passam (e veja que têm sido poucos) são acima da média. Ora, se o normal, se a regra é não passar, é uma gloria, é algo excepcional a aprovação.

Anônimo,  3 de outubro de 2009 12:53  

Dr. Maurício, ver a beleza da Doutora alíviou as tensões do meu dia.
As demais frequentadoras do Blog poderiam fazer o mesmo.

Anônimo,  3 de outubro de 2009 16:41  

Valeu, Anônimo das 20:01 do dia 02 de outubro de 2009.
É a mais pura verdade, a grande maioria não sabe nada, simplesmente foi um decoreba para aquela situação, mas, a vermelhinha tá lá na no porta cédulas e, bla, bla, bla.

Alexander,  3 de outubro de 2009 22:21  

É verdade Karina,
Às vezes é díficil, para algumas pessoas, reconhecer o mérito de outras pessoas.
Talvez o "Anonimo" (00:57) esteja um pouco desinformado. Ademais,não é aconselhavel que uma pessoa entre em uma conversa sem ter conhecimento mínimo sobre o assunto. Talvez o(a) nobre colega não saiba que o nivel de aprovação, a cada Exame da Ordem, é mais baixo.
Tenho um grande amigo que é Promotor de Justiça e diz que, se 100% dos Advogados fizessem o Exame de hoje, talvez nos reduziriamos a porcentagem para 40%.

Drª Nathalia, o mérito é seu sim! És linda e inteligente! Parabéns!

Anonimo (16:09)... talvez não seja soberba. Lembre-se que afirmei que a "convenção" não distribui méritos apenas aos operadores do Direito, mas a qualquer pessoa que gradue em nível superior.
Se fores verificar, em dados, o percentual de brasileiros que conseguem obter a graduação no Brasil...talvez você entenda.

Você deve afirmar que, doutor, é quem faz doutorado, certo?
Você chama médico de "doutor"? (Se a resposta for sim: Pq esta discriminação com as outras áreas do saber?)

A Palavra "doutor" vem do latim
"doctor, -ōris", que não tem nada relacionado à médicina. Na verdade a palavra significa "aquele que ensina", mestre "lato sensu".

Peço desculpas aos outros colegas pelo tamanho do texto. Afirmo com veemência que não se trata de vaidade acadêmica.

Mas, infelizmente, para algumas pessoas é mais facil criticar do que elogiar.

Anônimo,  5 de outubro de 2009 00:50  

passar na prova da oab não é tudo é um degrau que não se pode pular, e por este motivo tem que ser valorizado, após a conquista somos simplesmente advogados inexperiente, que tem que trabalhar duro e com muito afinco, sempre acreditando que amanhã será melhor.

Amigo anônimo não ofusque o brilho da conquista da companheira, se não for assim, procure outros como vc para trocar frustrações.

Anônimo,  5 de outubro de 2009 17:18  

NATHALIA,

Voce é uma vitoriosa e tenho o maior orgulho do mundo em ter um exemplo como voce tao proximo a mim.
Acredito que nada nem ninguém pode tirar uma conquista de nos, porque fomos la e conseguimos. Nos proprios, e apenas nos sabemos das dificuldades e lutas pessoais. Cada um é merecedor do seu sucesso e deve usar isso como triunfo e alegria,sim. Muito me entristece certos comentarios deste blog, que trazem argumentos tao pequenos e sem a minima digninidade. Valorizem a profissao de voces. Todos sabem o quanto os indices de aprovacao da OAB refletem justamente a falta de importancia e valor que as pessoas dao ao profissionalismo. Achei maravilhoso o seu depoimento, e sao pessoas como voce que fazem despertar no mundo a forca de vontade e o sentimento de justica e dignidade que muitos se esquecem.

Como bem lembrado, a jornada apenas comecou.

Parabens Dra. Nathalia.
Que Deus ilumine sempre.

Anônimo,  13 de outubro de 2009 15:41  

Alexander,

Totalmente enganado, o desrespeito está com aqueles que possuem o dito Doutorado. Estes realmente estudaram para algo bem mais díficil do que uma provinha para conseguir uma cara($$) carteirinha Rosa. No máximo os médicos, advogados, engenheiros e demais pessoas com gradução podem ser chamadas pelo povo analfabeto deste país por "Dotô", mas quanto a todos que detêm um curso de graduação, utilizar e exigir ser chamado de "Doutor" demonstra nada mais nada menos que o seu curso não lhe ensinou muita coisa, muito menos a vida. Como você mesmo traduziu do Latim, doutor se originou do sentido de mestre, e em nenhum curso reconhecido como bom os professores são apenas Graduados. Concordam Dôtores?

danieli 15 de outubro de 2009 13:17  

Parabens Doutora Nathalia, que Deus ilumine sua carreira tenhu certeza q vc será um otima advogada como é uma ótima amiga.
Bjoss

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP