Presidente da OAB/RS tenta mudar data da prova

segunda-feira, 8 de março de 2010

08.03.10 - Em Brasília, Lamachia busca transferir segunda fase do Exame de Ordem, marcada para 11 de abril

O presidente da Ordem gaúcha, Claudio Lamachia, anunciou nesta segunda-feira (08), no Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB, em Brasília, que está buscando, junto ao CFOAB, a possibilidade de trocar do dia 11 de abril para outra data as provas da segunda fase do Exame de Ordem unificado.

Segundo Lamachia, a medida visa não prejudicar os bacharéis em Direito que prestarão concurso público para servidor do TRF4 no dia 11 de abril, data que coincide com as provas da OAB. (...)

Fonte: OAB/RS

18 comentários:

Mônica 8 de março de 2010 22:18  

O melhor é que ferraram a vida de todo mundo agoram querem assoprar...muiiiito engraçado.

Joao 9 de março de 2010 01:25  

E o que aconteceu , tem resposta?

Joao 9 de março de 2010 01:26  

E o que aconteceu, já há resposta?

Giselle 9 de março de 2010 06:44  

Enfim uma boa notícia! Tomara que ele busque ajuda dos presidentes do PR e SC e consiga transferir essa prova....
O meu desespero foi enorme qdo percebi que caia na mesma data q o TRF....

André 9 de março de 2010 08:37  

Que bagunça mesmo...
Que absurdo!
Somons reféns dum bando de incompetentes!

INSEGURANÇA TOTAL!

moreno 9 de março de 2010 08:49  

Mas que adiantem a prova e não empurrem pra mais 1 mês. Incompetência é uma %&*@#$

EDUARDO 9 de março de 2010 09:12  

Com certeza, ele deve ter votado para anulação.
Muda sim, pra antes, pode até ser no domingo de Páscoa.

Tatá 9 de março de 2010 09:50  

Que ótimo!! Basta o prejuizo da anulação!
Choverão ações indenizatórias caso a data não seja alterada, pois, além do valor da inscrição, muitos estão fazendo cursinho para esse concurso e/ou compraram livros com o fim de estudar para ele.

Pequena Notável 9 de março de 2010 10:16  

Só falta transferirem a data para 17/04: dia do concurso para Oficial de Justiça do TJRS.

André Luiz 9 de março de 2010 10:16  

Não seria uma medida razoável. Sei que a nova data prejudica os bacharéis que se inscreveram para o concurso. Mas e quanto a grande maioria que tem pressa em fazer essa nova prova? Muitos dependem da obtenção da carteira da OAB para iniciarem a carreira profissional. Mudar novamente a data só iria causar mais transtornos.

Carol 9 de março de 2010 10:35  

olá! qd saem as aulas de revisão online que o prof. Renato Saraiva disse que iria gravar pra segunda fase? obrigada!

paulista 9 de março de 2010 10:56  

sabe a pirâmide de kelsen?
então. a OAB está acima da CF... é aquele "olho que tudo vê"...
já eles fazem o que bem entendem... dane-se o TRF4 e seu concurso público....

Marcelo 9 de março de 2010 11:03  

por mim fica como está, todo fim de semana tem concurso!! e no domingo de pascoa acho muito difícil, é feriado nacional religioso... lembrem da constituição federal...
o que poderia ocorrer e mudarem para um fim de semana após do dia 11, mesmo assim, acho dificil. Acho que eles já sabiam do concurso do TRF4, e outra, um não vincula o outro, até pq, quem passar pro TRF4 está impedido de advogar... quem quiser que escolha.

Donizete 9 de março de 2010 15:32  

Marcelo, fui favorável à anulação do exame, mas só contra a realização da prova no dia 11 se nesse dia tem concurso para o TRF4.
Não é questão de "quem quiser que escolha", não, até porque fazer o concurso ou fazer o exame não é garantia de aprovação e, em sendo assim, é evidente que as pessoas têm todo o direito de tentar as duas coisas e aí sim, depois, dos eventos, é que escolherá o caminho a seguir.

Lula 9 de março de 2010 15:40  

O problema é esse, ninguém liga pra ninguém ! Quem não vai fazer o concurso quer que continue como está, quem vai fazer quer que mude.

Acho mais do que justo mudar a data pois essas pessoas que se inscreveram no TRF4 não podem ter mais um prejuízo nas costas. Elas também pagaram curso, elas também compraram livros, apostilas, perderam horas de sono e etc !!!

Vem camarada falar que é pra escolher ?!?! por favor !!

É assim que tem que ser mesmo pelo jeito, cada um puxa pro seu ! O cara que colou na prova também pensou assim, o cara que fraudou o exame também pensou assim, a OAB ao anular a segunda fase também pensou assim !

Então vamos continuar assim! Parabéns !!!

Rodrigo 9 de março de 2010 21:34  

Aí, Donizete, tu dançou cara. Não pode ser tudo como vc quer. eu não queria que anulassem, mas anularam. Pede pra fazer uma prova exclusiva pra vc.

Alvaro 11 de março de 2010 09:52  

Ah... que lindo! não pensaram nisso antes e agora querem mudar a data???? "o mais importante é a lisura e a imagem da OAB", quem liga pra TRF4??? Muita sacaagem!

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP