Necessidade de retificação no edital da OAB/PR

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Fui alertado por leitores do Blog sobre uma falha no edital da OAB/PR.

O edital daquela seccional não indica qual é a nota necessária para o candidato ser aprovado na 2ª fase.

Enquanto no resto das seccionais a nota é 6 (seis), a seccional paranaense não tratou do tema.

Ou a OAB/PR supre essa lacuna com a republicação de seu edital, corrigindo o problema, ou vai ter uma enorme dor de cabeça depois.

Cliquem no link abaixo e vejam por si mesmos:


Fonte: Exame da Ordem

10 comentários:

Nilson 3 de dezembro de 2009 10:08  

O edital do exame 2009.3 da OAB/Goiás saiu com inúmeros erros de português, além de faltar um monte de acento ainda existente ainda tem vários erros de ortografia, no item 4.1 escreveram "inscrisão", alem do fato da frase estar sem nexo. E tem mais é só ler o texto. É esse povo que vai nos avaliar, É UMA VERGONHA.

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 10:09  

O que anda acontecendo? Nunca se errou tanto!!! Um engano acontece, pois errar é humano, mas vários erros e em sequência, é no mínimo estranho...

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 10:49  

Dr. Maurício,
caso a OAB não anule e corrija os recursos com o aceite de outras peças sem ser a ACP já poderia se entrar com MS, por estar infringindo o próprio edital, correto? Se ela aceita mais de uma peça já caracteriza que certamente houve um erro...

Rafael 3 de dezembro de 2009 10:54  

Agora sim o CESPE tá perdendo o controle do Exame....

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 12:40  

Dr Maurício você é o máximo!!
O que seria de nós sem você nesse grande mar de lamas!!

ATENÇÃO
"Essa sequência de erros está denegrindo a imagem da OAB "

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 12:43  

Quem faz o edital? Não seria melhor as seccionais se organizarem e fazerem um edital só!!! Ficam nessa bagunça!!!

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 12:59  

Galera do IJ, façam o exame 2009.3 no PR, quem sabe assim vc passam. kkkk

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 13:13  

Vixe, vergonha total desse EXAME que NADA avalia.

Penso que agora para muitos a ficaha caiu: o que a OAB deseja é REPROVAR = RESERVA DE MERCADO.

Sequer temos qualidade de uma prova decente e justa.

Sequer um EDITAL decente e justo.

E ainda pagamos muito caro para fazer essa prova.

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 16:06  

Já que o Exame é unificado, deveria ter um edital único partindo da OAB Nacional!
Percebam que as inscrições variam de R$ 120,00 a R$ 250,00.
Se é unificado, onde está o Princípio da Uniformidade de Taxas?
Este tipo de assunto deve ser motivo de protesto, pois se essas coisas não são combatidas, como protestar contra questõs dúbias.

Anônimo,  3 de dezembro de 2009 17:33  

Simples!
Falta competência!
A imprensa tem que tomar conhecimento desses fatos, mostrar como são as entidades que estão nos avaliando!
Abraço!

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP