Twitter recursal

terça-feira, 17 de novembro de 2009

O Cespe repetiu o mesmo critério da primeira fase e só disponibilizou para os candidatos que irão recorrer o espaço correspondente a mil caracteres. Vejam só quanto dá mil caracteres:

AaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaAaaaaaaaaaAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Tal prática virtualmente inviabiliza a fundamentação de qualquer candidato, ainda mais em se tratando de uma prova subjetiva.

No exame passado era possível escrever OITO mil caracteres.

Fica patente que o propósito por detrás do Exame de Ordem, explicitamente, é o de reprovar em vez de selecionar os bacharéis qualificados.

Deveria ser permitido que a redação dos recursos seguisse o padrão abaixo:

"Eu axo q é mto injusto tão pôcas letras pá um recurso, pq isso ñ permite q se fundamente direito"

Nesse caso, mil caracteres seriam suficientes....

Atualização - São mil caracteres por item de questão, que é insuficiente também.

44 comentários:

Anônimo,  17 de novembro de 2009 20:26  

é um absurdo tal propósito, temos que ir contra esse autoritarismo

Anônimo,  17 de novembro de 2009 20:33  

Fiz IJ e tirei 1,20 na peça.
Totalmente errado a correção das questões.
Cabe um bom recurso!
Faça o recurso pessoal!

Anônimo,  17 de novembro de 2009 20:37  

fica claro o objetivo da oab ,reprovar,nao dar acesso ao recurso.Simplesmente \,quem passou,ok.Quem nao passou,faca outra prova,conte com a sorte e nunca,nunca,deixe de pedir inspiracao e providencias divinas!
Ate agora nao consegui ver a minha prova!
Que transparencia!
E ficaremos calados?!!!

Érico Tashiro 17 de novembro de 2009 20:38  

Estou sem palavras...

Muito injusto!

Dr. Maurício? algum conselho agora?

fica impossível uma boa tese de recurso nessas condições.

Anônimo,  17 de novembro de 2009 20:38  

Caro Maurício, isso é verdade mesmo? Estou preparando um recurso em Civil e já elaborei 6 folhas contando apenas a peça e a primeira questão. Ainda vou recorrer de outras 3 questões. Esse limite de caracteres é para cada questão ou para todo o recurso? E o direito constitucional à ampla defesa, onde fica?

Pensamentos e realidades 17 de novembro de 2009 20:45  

Mil caracteres para fundamentar recurso? Não há mais dúvida que o intuito é reprovação.

Maya 17 de novembro de 2009 20:50  

mas isso é pra cada quesito ou pra a prova inteira?

Anônimo,  17 de novembro de 2009 21:20  

Sacanagem!!! Acho que é perfeitamente possível e justo a impetração de Mandado de Segurança. Eu não sou bacharel, já fui aprovado no exame de ordem, mas acho muita sacanagem limitar a quantidade de caracteres em um recurso. Para a concretude de justiça não poderia haver nem mesmo limitação alguma, quanto mais disponibilizar espaço somente de 1000 caracteres. Daqui uns tempos vão dizer que não cabe mais recursos, só falta isso acontecer. Acho que estão exagerando na dose, siceramente estão exagerando.

Rhommel 17 de novembro de 2009 21:24  

dr. mauricio gostaria de sua ajuda o que acha desse esbolço de recurso: "A NULIDADE DA QUESTÃO,O enunciado encontra-se dúbio e omisso, uma vez que não especificou que tipo de auxílio-doença se tratava, também foi obscuro quando diz que a empresa está “preocupada com a rescisão do contrato de trabalho, com a baixa da CTPS, com o pagamento da parcelas decorrentes e para não incorrer em mora”. DO NÃO CABIMENTO DA ACP E RT: ACP só é cabível (hipóteses legais) se o empregado se recusar a receber e não rescinde o contrato de trabalho e não dá baixa na CTPS, além disso o enunciado não dá subsídios para calcular todas as verbas (tem que ser liquidada).Nas instruções da prova, o item 9 é claro não pode trazer fato novo, assim, para o cabimento da ACP estaria-se inventando que as verbas não foram recebidas.A RT não atende aos três pedidos do enunciado, pois, se houve abandono de emprego por motivo desconhecido, o empregador pode rescindir o contrato de trabalho sem incorrer em mora e sem necessitar de qualquer ação judicial e ainda, a consignação em pagamento pode ser extrajudicial." 1016 caracteres. Gostaria que me respondesse via email para evitar avolroço em torno de rascunho. agradeço desde ja. Ps. Fiz IJ com base na estabilidade. rhommel_holanda@hotmail.com

John 17 de novembro de 2009 21:39  

Voce acha que os quinto-anistas que prestaram a prova por conta daquela longinqua (e revogada) decisão judicial poderão fazer a inscrição e ter a carteirinha?!

Teresa,  17 de novembro de 2009 21:42  

mil caracteres para recorrer da prova inteira ou por questão;

Drina 17 de novembro de 2009 21:44  

Isso é um absurdo!!! Querem é reprovar mesmo.

Anônimo,  17 de novembro de 2009 21:59  

Mas esses mil caracteres são para cada item a ser recorrido ou é geral?

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:05  

Mas não está difícil acessar os espelhos, eles ainda nem os disponibilizaram.

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:15  

"Fica patente que o propósito por detrás do Exame de Ordem, explicitamente, é o de reprovar em vez de selecionar os bacharéis qualificados". Ps. Muito correto o seu comentário. Infelizmente ninguém consegue acabar com este corporativismo indecente praticado pela OAB. Esta é uma das razões que o população não acredita mais nas instituições entre elas o judiciário.

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:22  

Gostaria de entender qual foi o critério empregado pelos examinadores da OAB/CESPE para corrigirem Reclamações Trablhistas que não consignaram e zerarem a minha. Teve gente mas muita gente mesmo que fez RT como eu, sem ver quais seriam as verbas rescisórias com a PEÇA CORRIGIDA. E que passaram. Cadê a isonomia? Por que uns tiveram mais direitos do que outros?
No meu estado teve tb quem fez IJ com a peça corrigida!
Estou me sentindo enganada.
Isso é vergonhoso demais para o CESPE, para o exame e para a OAB!
Se fosse eem um concurso público sério essa questão já teria sido anulada...

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:27  

É MUITA SACANAGEM DE UMA VEZ SÓ ...

CESPE/OAB ...


DESTRUIDORA DE SONHOS!!!


MAS, VOU VENCER NEM QUE FAÇA CEM VEZES ESSAS PROVAS ....

NÃO DESISTO NUNCA, POIS, VOU SER UM GRANDE ADVOGADO!


ESTUDEI MUITO, ACERTEI A PEÇA, FUNDAMENTO E AS QUESTÕES, CAI PELA QUANTIDADE ABSURDA DE QUESITOS E FORMA DE CORRECAO.

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:27  

O que é isso que estão fazendo conosco, meu Deus?!
Agora querem cercear nosso direito de recorrer.
O que eles querem é nos calar. E nós, deixaremos isto acontecer??????

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:37  

Quando eu crescer eu quero um emprego no CESPE ou na comissão de exame da OAB.

Creio não existir outros lugares que aceitem de seus funcionários tanto desleixo, incompetência, desatenção, descaso...

1000 caracteres para uma prova de DEZ páginas é muita, mas muita sacanagem.

É aquela coisa - qdo não se acredita que se pode descer mais, eles conseguem. Chegamos ao fundo (será mesmo?) do poço.

Não sei o que dizer. Sério mesmo... o que é isso?

Jeferson 17 de novembro de 2009 22:41  

Mil caracteres por questão oi mil caracteres pelo recurso completo? Se for pelo reecurso completo nem adante entrar com o recurso. Como recorrer das questões e da peça com mil caracteres?
Meu Deus...

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:41  

Essa informação procede?? Não é mil para cada questão??? To fudido...

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:44  

Seu blog é sensacional! ri demais com esses mil caracteres uauhauha
parabéns por ajudar os bachareis!

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:51  

Uma duvida. esses 1000 caracteres sao pra todas as questoes ou pra cada uma ha 1000?

Anônimo,  17 de novembro de 2009 22:55  

galera os 1000 caracteres procede, so fico na duvida quanto a esse limite, se e para todo o recurso ou pra cada questao. entrei no site e pedi pra redigir o recurso. pediu pra escolher a questao e o item a ser recorrido. e depois de escrever no maximo os 1000 vc salva. parece que e pra cada questao mas nao tenho certeza, pois acessei de teste para confirmar e no site nao há informaçao.

Anônimo,  17 de novembro de 2009 23:00  

URGENTE !!! PESSOAL.. EU FIZ O RECURSO NO WORD E COLEI NA PAGINA ONLINE DO CESPE.. FOI ACEITO. RESTA SABER SE ELES INADMITIRÃO O RECURSO POIS EXCEDEU O NUMERO DE CARACTERES.. SERA???

Anônimo,  17 de novembro de 2009 23:11  

Dr Maurício,

São 1000 caracteres por item de questão??? Ou 1000 por questão?? Alguém sabe me informar até que dia o prazo do recurso??

Anônimo,  17 de novembro de 2009 23:11  

não ha nada tão ruim que não possa piorar....

Anônimo,  17 de novembro de 2009 23:31  

QUANTA DISCREPANCIA: Cai o numero de inscritos para o curso de jornalismo, sendo de 25% na UFRS,devido a NÃO EXIGIBILIDADE DO DIPLOMA para o exercicio da profissão. Vejam a força da midia, derruba governos, uma noticia irresponsável pode colocar a população em panico, por exemplo sobre a gripe suina. Mensurem a importancia destes profissionais. Os erros medicos estão todos os dias nas manchetes. No entanto o Conselho Federal de Medicina e os respectivos CRMs estaduais NÃO aplicam um exame similar ao da OAB. O Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia e os respectivos CREAs estaduais tambem não aplicam um exame similar ao da OAB. No entanto erros de engenharia como os do metro de São Paulo e agora do Rodoanel tambem em São Paulo acontecem, inclusiveis com muitas vitimas fatais. Os Engenheiros Agronomos e Florestais prescrevem AGROTOXICOS ALTAMENTE PERIGOSOS ao seres humanos e ao meio ambiente, elaboram projetos de desmatamentos e por que não dizer estão ligados ao aumento do aquecimento global devido aumento do CO2 atmosferico. Sejam medicos, engenheiros e outros profissionais, colam grau, recebem seus diplomas, increvem-se em seus conselhos e estão HABILITADOS a exercer a sua profissão. E nos humildes bacharéis em direito, somos tratados como bandidos nos exames, com detectores de metais e uso de apenas canetas esferograficas transparentes. SERA QUE OFERECEMOS ASSIM TANTO PERIGO À SOCIEDADE. Por todo o exposto sou A FAVOR de um exame para todas as profissões, porem que avalie um conhecimento coerente de recem formado e não de um EXPERT. Conforme diz o Jornalista Boris Casoy, que não precisa de diploma:::ISSO É UMA VERGONHA

Anônimo,  18 de novembro de 2009 00:42  

Absurdo!

Um aviso ao colega que copiou e colou: uma vez fiz isso e quando fui imprimir não saiu nada, ou seja, tem que redigir no próprio site, senão eles não recebem.

Anônimo,  18 de novembro de 2009 08:30  

É parece que querem um recurso hiper, mega objetivo ! A pergunta que fica é a seguinte: será que irão corrigir os recursos?? ou apenas dar aquela resposta padrão?

CLAUDIO JOSÉ 18 de novembro de 2009 09:29  

Concordo com o anônimo supra. É uma vergonha esse exame. Até porque, ele tem um peso e várias medidas como se pode ver. Uns fizeram o IP e tiveram pa prova corrigida. Outros coko eu fizeram a dita Consignação e tiveram pontos importantes suprimidos por mínimos detalhes. Já escrevi anteriormente que a oab é uma caixa preta e que pouca gente tem acesso a ela. Esse exame deveria ser aplicado pelo MEC e não por essa entidade que fez dele um funil inverso. O problema é que a nossa classe não é suficiente unida para fazer algo tipo o que a Medicina fez. E é por isso que não há médicos pobres, mas há advogados paupérrimos.

Anônimo,  18 de novembro de 2009 10:24  

Eis a nossa tão almejada e mada OAB que a maioria idolatra. Percebam o nível de corporativismo que se chega com um discurso sobre qualidade do advogado.
NÓS todos (inclusive eu) somos culpados, pois assistimos a tudo isso calados e inertes.

Quanto ao RECURSO é 1.000 caracteres por CADA QUESITO.
Exemplo:
PEÇA
quesito 2.1 = 1.000 caracteres

QUESTÃO 3
quesito 3.2 = 1.000 caracteres


Ou seja, NADA.

NOSSO DIREITO De DEFESA está anulado.

TOTALMENTE INCONSTITUCIONAL!!!

TOTALMENTE INJUSTO!!!!

E NÓS o que iremos fazer contra isso tudo???????????????

Aceitar calados, novamente?????????

Anônimo,  18 de novembro de 2009 10:24  

EU NÃO ACREDITO NA OAB!
A RESPONSABILIDADE POR TUDO ISSO É DA OAB!
O CESPE SÓ FAZ O QUE LHE MANDA, E SÓ!
SÓ TEM UM CULPADO A OAB!

Fiz uma RT com fundamento e argumentação no art. 482, i, CLT e Súmula 32 TST etc... E NÃO FOI CORRIGIDA, NÃO PONTUARAM NADA.
É UMA VERGONHA, ESCREVE UMA COISA NO EDITAL E FAZ OUTRA.

OAB NACIONAL VERGONHA NACIONAL...PÉSSIMO EXEMPLO A SER SEGUIDO POR OUTRAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS. NINGUÉM FAZ NADA.

POR ISSO É QUE OUTRAS CATEGORIAS NÃO ADERIRAM A ESSSE MODELO SEPARATISTA, DESAGREGADOR E INJUSTO

NÃO RESPEITAM SEUS FUTUROS COLEGAS, NÃO RESPEITAM NINGUÉM, PASSA POR CIMA DE TUDO. ATÉ QUANDO???

ELEIÇÕES DIREITAS PARA OAB, JÁ!!!!

Anônimo,  18 de novembro de 2009 10:38  

A OAB por incompetência, má gestão RASGA UM EDITAL a cada exame. É muita insegurança.
No Brasil já chega a quase 800 mil advogados, um recorde e a OAB apavorada tenta mudar as regras do jogo a todo momento, criando novas dificuldades. Porque?
Seria mais fácil fechar as faculdades? Eles devem ter seus interesses! As faculdades estão cheias de professores advogados que não encontraram espaço no mercado de trabalho. E agora?
Como para milhões de bachareis querendo trabalhar, mostrar serviço...

O NOVO EDITAL JÁ TÁ NA PRAÇA!

CHEGA DE INCOMPETÊNCIA!
ELEIÇÕES DIRETAS PARA OAB!

Se a prova da ordem fosse bom exemplo (OAB) os outros cursos já teriam copiado esse modelo....(rsrsrsrs)

moreno 18 de novembro de 2009 11:23  

Blogueiro Maurício, tenho uma dúvida a respeito desta quantidade de caracteres, tendo em vista que são apenas 1000 por questão/peçam posso fazer um recurso hiper-super-resumido indicando os artigos, a jurisprudencia de forma de código (RESP 00000/200X) e a doutrina com a pagina e a obra e em anexo colocar as cópias das ditas quando for protocolar junto a Seccional?

Anônimo,  18 de novembro de 2009 12:10  

O pessoal está desesperado!!! Já ligaram pra globo, agora vão ligar pra record, e, como um já informou, estão querendo "encher o saco" do Willian Boner no twitter. Tá todo mundo se borrando por causa do exame de 2009.3.

a 18 de novembro de 2009 12:36  

É verdade, anônimo de 23:31, analógicamente, estão exigindo que o bacharel seja um Airton Senna do do Direito.

Marilia 18 de novembro de 2009 12:40  

Olá!
Parabéns por disponibilizar um espaço como este que nos transmite segurança quanto às informações!
Por favor, para recorrer tanto da peça quanto das questões só temos 1000 caracteres?
mariliaana@uol.com.br

Anônimo,  18 de novembro de 2009 12:47  

23:31, e vc é o que? Médico, engenheiro, advogado, bacharel em direito, o que você é? se for bacharel em direito não tem nada a ver o que você tá escrevendo. Medicina é medicina, engenharia é engenharia, direito é direito.

Anônimo,  18 de novembro de 2009 15:06  

Meu caro anônimo 23:31, se o exame de ordem foi boa coisa todas as demais profissões já tinham um exame semelhante. Tem é que acabar com isso de exame e não criar em outras áreas.

Anônimo,  18 de novembro de 2009 15:28  

é mto fácil colocar a culpa nos cursos de direito. eles nao obrigam ninguém a se matricular e nao obrigam ninguém a estudar neles. Direito não é um curso como medicina ou jornalismo, nao precisa de laboratórios ou equipamentos de última geração. Em direito é só aluno, professor e livros, se os professores sao ruins, ainda restam os livros. O problema é q os alunos nao estudam, nao lêem, por isso fracassam. Depois é muito fácil se livrar da culpa, dizendo q a faculdade é q nao presta...

Anônimo,  18 de novembro de 2009 17:32  

mamacos me mordam...restringir assim o recurso é para reprovar mesmo.

Anônimo,  18 de novembro de 2009 17:49  

E no RJ reelegeram o fulano! Nao foi voto meu...

renato dorte,  26 de novembro de 2009 09:30  

auhauahuahu... blog sensacional.. parabéns!! quase mijei nas calças de rir. heheh abraços

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP