Como ser um bom profissional?

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Achei um texto voltado para o mundo corporativo que cai como uma luva também para o profissional da advocacia. São dicas muito pertinentes sobre a postura do profissional diante do seu ofício. Copio um trecho dele aqui:

O presidente da Gutemberg Consultores dá 14 dicas de como se tornar um profissional classe A nesse mundo tão competitivo:

1 - Criar o seu próprio destino: ser um profissional de caráter, batalhador, responsável, acreditar em si mesmo e saber aonde e como chegar;

2 - Ser singular: buscar sempre um diferencial e expor suas ideias sem medo de enfrentar ou discordar de outros profissionais de cargos superiores;

3 - Nadar contra a correnteza: discordar da opinião dos outros e não desistir de suas próprias ideias, confiar em si próprio, ter conhecimentos e saber o que diz;

4 - Não deixar para amanhã aquilo que pode ser feito hoje: ser determinado, administrar seu tempo e conseguir separar as tarefas que têm mais urgência das que não são tão importantes. Desta forma, o profissional consegue gerenciar melhor o seu tempo e realizar todas as pendências do dia;

5 - Não permitir que o executivo viva em detrimento do homem: não sacrificar sua vida pessoal por causa da vida profissional, pois mais cedo ou mais tarde ela poderá acabar com sua saúde e família;

6 - Fazer avaliações periódicas de si mesmo nos âmbitos pessoal, familiar e profissional: o profissional classe A deve perguntar-se diariamente sobre o que fez no dia e avaliar se aquilo foi o correto ou se poderia ter desempenhado melhor algum tipo de tarefa. Deve também, algumas vezes durante o ano, pedir um feedback ao chefe para saber como está sendo visto dentro da empresa. De maneira nenhuma se virar contra ele, caso faça críticas sobre o seu desempenho, pois só com as críticas o profissional poderá saber onde e como melhorar;

7 - Ser intolerante diante da complacência e da mediocridade: é importante procurar sempre o melhor para si, para sua família e carreira, nunca deve tolerar um trabalho inferior. Procurar ser sempre superior e se destacar em todas as tarefas que for desenvolver;

8 - Buscar e formar alianças estratégicas: ninguém sobrevive sozinho, por isso deve-se sempre construir e cultivar amizades positivas, pois é criando laços que muitas vezes o profissional consegue alcançar o sucesso no mercado de trabalho;

9 - Prestar atenção aos detalhes, mas manter-se atento ao global: ser uma pessoa bem informada, atenta a todos os acontecimentos mundiais e às ideias de outras pessoas ao redor do mundo. É importante saber exatamente tudo o que acontece dentro do mercado de trabalho e quais os impactos que pode sofrer em sua carreira;

10 - Demandar a excelência em tudo o que empreender: ser seguro de suas opiniões, procurar destacar-se entre os outros profissionais e ser uma pessoa que, independente de qualquer ocasião, está bem vestida e sabe se comunicar;

11 - Focalizar os pontos fortes das pessoas e não as suas vulnerabilidades: buscar sempre os pontos fortes dos outros profissionais e procurar aprender com essas características;

12 - Ouvir mais do que falar: comunicar-se adequadamente e saber escutar o que lhe é dito; dessa forma, consegue pensar no que vai falar, pois deve saber que uma frase mal interpretada pode acabar com sua vida profissional;

13 - Trabalhar duro e disciplinadamente: ter vontade de aprender, ser ambicioso, focado, disciplinado, não esperar que as coisas simplesmente aconteçam, ir atrás de seus objetivos, dessa maneira fica mais fácil conquistá-los;

14 - Se considerar "stewards" da companhia na qual trabalha: colocar-se no lugar do cliente e então atender a todos da maneira como gostaria de ser atendido.

Fonte: UOL

2 comentários:

Anônimo,  5 de outubro de 2009 13:06  

Perfeito!
Obrigada Maurício por postar textos pertinente como este.
São dicas muito importantes, principalmente para profissionais iniciantes.
Tenha uma ótima semana.
Abs
MLTV

kabeloomelhor 5 de outubro de 2009 23:27  

só seis anos? poxa esse velho nao tem mais o que fazer, se ele quiser pode ficar na faculdade o resto da vida, mas querer obrigar as pessoas normais a ficarem junto com ele é f...

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP