Edital do exame 2/2009

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Era para ter sido publicado hoje o edital do 2º exame de ordem de 2009. Vamos ver o que o dia de amanhã nos reserva.

18 comentários:

marcos 29 de julho de 2009 23:00  

Pois é Maurício, passei o dia todo acessando este blog, e nada!

carla araujo,  29 de julho de 2009 23:05  

Ouvi um borburinho no cursinho que as inscrições começam na segunda. Até que ponto é verdade essa informação?

Maurício Gieseler de Assis. 29 de julho de 2009 23:33  

Não dá para saber. A previsão de publicação do edital hoje teve como fonte o site da OAB/PI. MAs também não surpreende, pois não é a 1ª vez que atrasa.

Ficamos de stand-by.

Anônimo,  30 de julho de 2009 00:17  

O que é realmente sério na OAB ? o exame ? Duvido !
Acredito que novidades aconteceram para dificultar a vida do examinando.
Vamos orar muito, a coisa ficará com certeza mais feia do que já é.
Abraços a todos.

Anônimo,  30 de julho de 2009 01:24  

Gente, não se avexem, para que tanta pressa? Afinal o edital é apenas para a inscrição, a prova vai demorar mais um pouco.

Anônimo,  30 de julho de 2009 01:26  

Olha só, você que escreveu a mensagem aos 00:17. Tenho percebido que nos últimos 3 exames o CESPE vem dificultando sim, e acredito que no próximo vai ser dificultar ainda mais.

Anônimo,  30 de julho de 2009 10:26  

O CESPE ainda não divulgou o edital porque provavelmente está inserindo nele algumas pontos que dificultem a aprovação, tipo~proibir levar água, levar chocolate, etc., etc., e tal. É isso.Bando de MALDITOS são esses caras da OAB e CESPE

Anônimo,  30 de julho de 2009 13:27  

è vero, è vero....nem burraxa a jente pode levar...quem nem errar e querer asertar não pode..eu já fiz 8 veses o exame e não quero mais

Anônimo,  30 de julho de 2009 14:05  

espero que ninguem faça a inscrição, unidos venceremos.....

Anônimo,  30 de julho de 2009 14:38  

anônimo 13:27, vc nao vai passar msm enquanto nao melhorar o português...desculpa.

Anônimo,  30 de julho de 2009 15:23  

Vem chumbo grosso, aguardem!

Anônimo,  30 de julho de 2009 15:40  

Que horror!!! Depois ainda tem gente que quer que o exame de ordem seja extinto. E fico mais ainda estarrecida é com a faculdade ter aprovado uma pessoa com um nível do anônimo que fez a postagem 13:27.

Anônimo,  30 de julho de 2009 16:11  

concordo!tem que melhorar o português.....

Anônimo,  30 de julho de 2009 16:36  

Confesso que fico muito triste qdo me deparo com uma pessoa que se diz bacharel em Direito e que não sabe escrever o Português básico. Definitivamente o ensino no Brasil pede SOCORRO.

Anônimo,  30 de julho de 2009 17:06  

Jesus apaga a luz!!! Esse anônimo, que fez a postagem às 13:27, tem que fazer primeiro a alfabetização e depois, SÓ DEPOIS, a prova da ordem!!!

Maria Eduarda,  30 de julho de 2009 17:23  

kkkkkkkkkkkk..e ainda tem gente que é a favor da extinção do exame de ordem...o que ia ter de advogado escrevendo "petissão"

Anônimo,  30 de julho de 2009 21:50  

O exame de ordem não só deve permanecer, como deveria a OAB tona-lo mais dificil ainda. Ao invés de 50% de acertos para aprovação na primeira fase deveria se de pelo menos 70% e a prova da segunda fase deveria ser uma petição que exigisse realmente raciocínio do bnacharél, pois hopje as peças exigidas qualquer um que nunca fez faculdade de direito é capaz de fazer. Infelizmente hoje todos os estudantes sem prespectivas profissionais, que não "têm opção", e que têm, digamos, dificuldade no aprendizado, cuidam logo de se matricular num curso de direito achando que por não ter matemática, física e quimica, vão se dar bem.E o pior é que muitos podem até não se dar bem, mas, por passarem no exame, atrapalham um bocado quem realmente estudou para ser advogado e tem qualificação para tal. Que deixe quem quiser gritar e reclamar do exame, mas a OAB tem que excluir esse bando de analfabetos do exercício da advocacia, tem que valorizar a profissão.

Anônimo,  8 de agosto de 2009 15:00  

Realmente, Anônimo 30 de Julho de 2009 21:50, com tudo q vc escreveu temos a certeza de que a OAB tem que excluir esse bando de analfabetos do exercício da advocacia, temos que valorizar a profissão.

"se", "tona-lo", "bnacharél", "sem prespectivas" !!!!!!
É forte demais!!!

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP