Mais dicas para o exame de ordem

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Domingo que vem teremos a prova objetiva do 1º exame de ordem de 2009. Ou seja, os bacharéis têm apenas 6 dias para ultimar seus preparativos.

Postei uma matéria no último sábado sobre o que estudar na semana que antecede a prova. Um dos leitores do Blog me mandou um mail pedindo mais dicas, pois só resolver exercícios na última semana pode saturar a mente, ainda mais porque ele não estudou todas as matérias exigidas pelo edital. Seguem então algumas dicas (alternativas) sobre como estudar nessa última e decisiva semana:

1 - Não estude todas as matérias, mesmo aquelas que você ainda não viu nada. Estude agora apenas as 5 disciplinas que você melhor domina. Naturalmente que tais disciplinas deverão ser aquelas que o Cespe pede, no mínimo, umas 8 perguntas no corpo da prova.

2 - Dê prioridade absoluta à deontologia jurídica (ética profissional). São 10 questões que você precisa acertar de qualquer maneira. Para se obter a aprovação, é necessário marcar corretamente 50 questões. Se acertar as 10 questões de ética, já será 20% do caminho andado, o que não é nada desprezível. Ademais, pode-se fazer um bom e abrangente estudo dessa matéria em pouquíssimo tempo.

3 - Mesmo achando que sua mente já está saturada, não deixe de resolver pelo menos as últimas 5 provas objetivas. Se você acertar mais de 50 questões em todas, muito provavelmente acertará 50 questões na próxima prova. Segue o link com a relação das últimas provas objetivas:http://blogexamedeordem.blogspot.com/2009/05/ultimas-provas-objetivas-do-exame-de.html

4 - Prepare seu emocional. Conheço dezenas e dezenas de pessoas que reprovam simplesmente por estarem nervosas demais durante a prova. O grande problema para os bacharéis é acharem que, após 5 anos de faculdade, têm a obrigação total e absoluta de serem aprovados no exame, o que gera uma pressão psicológica tremenda. A aprovação no exame é uma realidade só para 27% dos candidatos inscritos. O exame é difícil para quem acabou de sair da faculdade e nem todos conseguem aprovação na 1ª tentativa. Portanto, trate a possibilidade de uma eventual reprovação com naturalidade, não só para si mesmo como também para seus parentes. Converse com eles sobre seus projetos profissionais e o tempo planejado para realizá-los. Se a pressão é interna, convença-se de que galgar os degraus do sucesso depende de tempo, e que uma eventual falha não atrapalha o projeto inteiro, apenas o atrasa um pouco.

Lembre-se: É crucial retirar o peso e a pressão das costas em benefício do seu próprio desempenho. Do contrário, a probabilidade de reprovação aumenta consideravelmente.

3 comentários:

Led,  11 de maio de 2009 12:10  

Maurício, uma correção:
A prova de domingo não será a prática (2 fase). Será a objetiva (1 fase).
Grande abraço

Anônimo,  11 de maio de 2009 12:29  

Dr. mauricio, por gentileza vc conseguiu alguma resposta a algum recurso, deferindo o não cabimento do dano moral?? pretendo entrar com um mandado de segurança!!!! espero poder contar com a sua ajuda!!!!

envia para o meu email por favor! victorhugo_562@hotmail.com

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP