Justiça Federal absolve Miguel Cançado e Eládio Amorim

quinta-feira, 7 de maio de 2009

O juiz federal Leão Aparecido Alves da 11ª Vara Federal de Goiás acaba de proferir sentença na ação penal que o Ministério Público Federal (MPF) move contra o presidente da OAB-GO, Miguel Ângelo Cançado, e o ex-presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da Seccional, Eládio Augusto Amorim Mesquita. O juiz absolveu os dois por entender que não houve qualquer tipo de crime ou ato ilícito, resultando em atipicidade de conduta. Na sua sentença, o próprio juiz admitiu ter ele flexibilizado várias inscrições em concursos fora do prazo.


Para quem quiser entender essa história:



1 comentários:

Anônimo,  7 de maio de 2009 20:25  

Prefiro não comentar.
Acabou em pizzas. É brincadeira.

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP