Considerações sobre os gabaritos e sobre a prova

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Há uma verdadeira batalha na internet entre cursos jurídicos e blogs sobre quem tem o melhor gabarito. Essa é uma luta ingrata, pois os gabaritos enfrentam dois problemas praticamente insolúveis:

1 - Nenhum gabarito acerta exatamente o que o Cespe quer;

2 - Nem mesmo o Cespe, com seu gabarito oficial, acerta oq ue o direito dispõe.

Ainda estou para ver alguém feliz e satisfeito com algum gabarito extra-oficial ou, o que é muitíssimo mais difícil, com o gabarito oficial do Cespe. Esse é o 4º exame de ordem que o Blog acompanha integralmente, e em todos os exame sempre mais de 12 questões são contestadas em face ao gabarito oficial.

De fato, o Cespe elabora questões bastante controversas, exasperando os bacharéis. Pior! O critério de anulação das questões não é 100% técnico. Eu diria que se trata de um critério de conveniência. Da última vez foi um colégio de Presidentes das Comissões de Exame de Ordem de todo o Brasil que em uma reunião anularam as questões que julgaram convenientes. Vocês achavam que cada recurso elaborado foi lido um por um? Falando no último exame, tivemos 6 anulações de questões objetivas, enquanto nos exames anteriores tivemos apenas 2 ou 3 anulações na média. Isso não reflete o que a prova é e o os erros que ela costuma conter. Quem participar da nossa comunidade no Orkut pelos próximos dias constatará cabalmente o que estou afirmando aqui:

E essa é a razão principal pela qual os mais diversos cursos jurídicos nunca conseguem acertar 100% nos seus gabaritos extra-oficiais: a própria prova carrega em si a semente da dúvida e da controvérsia. Não tenham dúvidas quanto a capacidade e o conhecimento dos bons professores de cursos preparatórios Brasil afora. Se tantas divergências ocorrem, não é em função de um curso ser necessariamente melhor do que outro, e sim porque a prova em si mesma leva a isso.

Naturalmente que o que conta de verdade é o gabarito do Cespe, afinal, manda quem pode, obedece quem tem juízo. Muitos poderiam perguntar agora porque as anulações não abarcam todas as questões problemáticas. A resposta é simples. Primeiro porque a OAB e o Cespe jamais irão se expor anulando tudo de errado ou controverso que aparecer. O desprestígio seria tremendo e a própria legitimidade do exame seria posta em xeque, ainda mais em função do movimento que faz um grande esforço para acabar com o exame de ordem. Ao fim, porque o entendimento jurisprudencial dominante nos TRF's, tanto na seara dos concursos públicos, como no próprio exame de ordem, no sentido de que não compete ao judiciário rever correção de questões de provas de concursos e exames. Isso estaria adstrito à discricionariedade da administração, e invadir esse campo representaria a invasão de um poder (judiciário) no mérito administrativo, vulnerando a independência que deve existir entre os poderes.

Tenho muitíssimas ressalvas quanto a esse posicionamento (que é dominante, mas não é absoluto), pois o jurisdicionado praticamente fica à mercê de qualquer coisa, quase qualquer arbitrariedade da administração.

Qualquer prova, concurso ou exame precisa ser concebido de forma 100% correta, sem máculas. Isso, na prática, não ocorre, e o resultado vocês podem constatar por si próprios.

Independente disso tudo, o Blog elaborará recursos para toda e qualquer questão que possua algum problema, como já o fez várias outras vezes. Por mais complicadas que sejam as circunstâncias, não se pode deixar de lutar nunca.

Comparando-se todos os gabaritos extra-oficiais disponíveis na internet, eu digo que o candidato que fez mais de 55 pontos em todos eles pode começar a estudar furiosamente para a segunda fase: nada o atrapalhará.

Quem tirou entre 52 e 54 pontos em todos os gabaritos, pode (e deve) estudar também, mas fique atento ao gabarito oficial, pois surpresas desagradáveis podem acontecer.

Quem está na faixa entre 50 e 51 pontos, pode ficar com o coração na mão. Nada está perdido, mas também não está ganho.

Quem tirou entre 45 e 49 pontos ainda está na luta. Naturalmente que a situação não é nada confortável, os prognósticos são mais negativos que positivos, mas o pulso ainda pulsa.

Quem tirou menos de 45 em todos os gabaritos...bom, eu não posso dizer para não desanimar, muito menos para desistir, mas a situação é complicada. De toda forma, estude para a 2ª fase, pois não é raro que milagres aconteçam (no exame passado teve gente que aproveitou as 6 questões anuladas e passou com 50 cravados)

Essa semana será cheia de emoções! Continuem conosco!

13 comentários:

Anônimo,  18 de maio de 2009 01:35  

Eu particularmente não tenho nada do q me queixar dos gabaritos extra oficiais do Blog...

contém erros? Sim!!.. no entanto todos os outros tb possuem e sempre será assim...

O Dr. Maurício e seus companheiros, responsáveis por fazer esse Blog sobreviver merecem todo o nosso prestígio e respeito..

fiz 62 pontos c o gabarito do Blog.. e já estou muito feliz por isso..

Parabéns Dr, Maurício pela bela iniciativa de ajudar aos seus futuros colegas de profissão..


Vicente Ferreira

Anônimo,  18 de maio de 2009 02:51  

Dr., e onde podemos ver outros gabaritos? Pelo gabatito do seu BLOG, você acha que quem acertou 60 questões há a mínima possíbilidade de não conseguir aprovação depois que a CESPEW divulgar o gabarito dela?

Maurício Gieseler de Assis. 18 de maio de 2009 02:58  

Fez 60? Só uma tragédia inominável para te tirar do páreo. Começe a se preparar para a segunda fase!!!

Fernando Ortega,  18 de maio de 2009 09:44  

Grande Maurício (dessa vez não errarei seu nome),

Concordo com todas as suas considerações e reafirmo seu espírito público em tentar ajudar as pessoas. Precisamos de mais pessoas como você - independente do que ocorra com o gabarito e o próprio resultado do Exame.
Parabéns!!!!

Anônimo,  18 de maio de 2009 10:08  

Obrigada Dr. Maurício e aos outros professores que elaboraram a prova.
Parabéns p/ dispor de seu tempo alimentando este blog de grande ajuda para os examinandos.
Abçs

Anônimo,  18 de maio de 2009 12:07  

Quero dizer que o gabarito aqui do blog já dá uma ótima idéia ao candidato. É um dos primeiros a ser divulgado, e isso tira um pouco da nossa angústia. Por ser um dos primeiros, também irá apresentar erros e divergências, mas o que importa é dar um panorama geral da situação. Fiz o exame 2008,3 e fui aprovada nas duas fase. Estou aqui apenas para dar um depoimento positivo acerca do gabarito do blog. Quando conferi meu gabarito, fiz 60 questões. Depois, quando saiu o oficial, eu tinha acertado 74. A divergência foi grande? Foi sim. Mas o fato é que desde o domingo à noite eu já sabia que tinha passado, e meus pontos (e a alegria) só aumentaram quando saiu o gabarito oficial. Por isso, fiquei fã do blog, e continuo visitando este espaço.

Thalita,  18 de maio de 2009 12:37  

Dr. Maurício pelo amor de Deus me ajuda!!! Fiz 57 pontos no blog exame de ordem e tbm no blog da jurídica, mas eu verifiquei no site do curso fraga que fiz 49 pontos. Estou desesperada, será que pode um gabarito ter essa diferença tão grande??? Ainda não consegui pegar o do Damásio para ver...

Obrigada!!!

Anônimo,  18 de maio de 2009 13:44  

Oi Tudo bem? Parabéns pelo trabalho! Eu fiz 51 no seu gabarito e nos dos outros 54, 53 e 55. Nos que vc ofereceu os links no blog. Estou bem nervosa. É a primeira vez que faço e não sei bem o que pensar. O que vc acha já que é bem experiente???
Abraço

Anônimo,  18 de maio de 2009 13:46  

Estou desesperada... fiz 46 pontos com esses gabaritos extras, e não sei o que fazer, já estou pensando no recurso para conseguir ir para 2º fase.
Daniele

Anônimo,  18 de maio de 2009 14:49  

Oi Dr Maurício, estou na espera, pelo gabarito de vcs fiz 48, pois é né é só esperar agora, muito obrigado por nos ajudar, tomara que dessa vez eu passe, pois fiquei na segunda fase do outro exame com a nota 5.3, é duro heheh, que Deus abençoe vcs todos...

Anônimo,  18 de maio de 2009 15:03  

Oi, fiz 46 pontos tb pelo gabarito fornecido pelo blog. Pra falar a verdade estou bem triste, pois, acho muito difícil conseguir chegar aos 50 pontos.
Essa é a minha 4 prova e sinceramente, estou desistindo da OAB, não quero mais essa vida de angustia e tensão pra mim.
Boa sorte aos outros candidatos.

Anônimo,  18 de maio de 2009 15:47  

Dr. Mauricio, é a primeira vez que realizo um comentário em seublog, que, ao final, me auxiliou de fornma inequívoca, acerca de meios para estudar o exame de ordem... pelo seu gabarito acertei 48 e naõ ccorrigi outras 29, portanto, considerando ainda a hipótese de anulação de questão, qual a sua opinião?
abs. Edson Sousa - São Paulo/SP

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP