Já não posso ajudar tanto assim...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Desde ontem, até agora, eu recebi 637 e-mails com pedidos de ajuda. É materialmente impossível que eu responda todos, talvez sequer seja possível responder um terço desse número. Quando escrevi aqui no Blog que ajudaria quem precisasse, imaginei que receberia 40 ou 50 e-mails...me enganei profundamente.

Por um lado isso demonstra a confiança que depositam em mim, a qual eu agradeço imensamente de coração, mas não possuo estrutura, e nem tempo (e prazo), para atender tantos pedidos.

Dessa forma, infelizmente, não poderei responder a todos os e-mails recebidos, nem mesmo aqueles em que respondi dizendo que mais tarde os analisaria - a tarefa de atender a todos os e-mails é invencível. Passei a madrugada acordado respondendo tudo o que podia, até o corpo (e a mente) pedirem chega.

Logo, venho pedir desculpas a todos os que depositaram essa confiança em mim.

Continuarei a ler os e-mails e respondê-los na medida do possível, mas aconselho a não esperarem por uma resposta.

Sugiro a quem se interessar que enviem suas provas na área de direito penal para o Dr. Ricardo Vasconcellos - avocatoricardofv@gmail.com - que é um antigo colaborador do Blog, além de professor e especialista em Direito Penal. Ele me auxiliará nesse encargo, mas somente na área penal. Quem se interessar, pode escrever diretamente para ele.

No mais, novamente, peço desculpas a todos.

Continuarei a responder e-mails, mas na medida do possível.

14 comentários:

marcospacheco 26 de março de 2009 11:11  

Parabéns guerreiro.
Conte aqui comigo no que precisar.

solange 26 de março de 2009 11:19  

Drº Maurício, por favor se possível ao menos passar uma diretriz sobre o não cabimento do dano moral.
Um grande abraço

Solange

Anônimo,  26 de março de 2009 12:00  

EHHHH, eu tive meu mail respondido, lá, lá, lá, lá.

Anônimo,  26 de março de 2009 12:42  

Obrigado Dr. mauricio pela sua dedicação, vou torcer pra q me mande uma resposta vai ser como se ganhasse na mega sena pra mim!! Agora se não for possível, vc poderia postar aqui no blog uma boa fundamentação para a questão do dano moral e a respeito da questão 4 das horas in tineres???? desde já agradeço!!!

Anônimo,  26 de março de 2009 13:01  

Olá amigo, gostaria então que disposbiliza-se no blog a fundamentação do possivel nao cabimento do dano moral p/ nós termos uma noça de como tratar no recurso. Por favor. Obrigada!

Luis Eduardo (Led),  26 de março de 2009 13:22  

Professor,
Elogio o seu esforço e, apesar de correr o risco de não ter o meu e-mail analisado, entendo perfeitamente e acredito que o senhor não deva se sentir culpado por não poder analisar todos os casos.
Grande abraço e parabéns!

Marcelo 26 de março de 2009 13:23  

acho que seria interessante, quando houver tempo, fazer um tópico sobre a nota e os critérios de arredondamento, antes e depois do recurso.

Camilla 26 de março de 2009 13:29  

Dr. Maurício.

Realmente a quantidade de e-mails só demonstram a confiança no seu trablho e o tamanho sucesso do blog!!!

Diante da impossibilidade de atender a todos, penso que vc poderia postar no blog os argumentos que poderiam ser utilizados nas questões que mais tem sido objeto de recurso (acredito que pelos e-mails vc saiba quais são. Acredito que dentre elas a questão do dano moral na peça de direito do trabalho seja uma das mais solicitadas, visto que tirou pontos valiosos de quem entendeu que não seriam cabíveis os danos morais.

Enfim, acho que através do blog dá para ajudar muitas pessoas ao mesmo tempo.

E mais uma vez, parabéns pelo brilhante trabalho.

Anônimo,  26 de março de 2009 14:26  

EU PENSEI NISSO, REALMENTE É MUITO DIFÍCIL, APESAR DE SUA BOA, BOA NÃO ÓTIMA! VONTADE EM NOS AJUDAR.
O SENHOR NOS AJUDARIA E MUITO TECENDO ALGUNS COMENTÁRIOS A CERCA DO DANO MORAL.
MUITO OBRIGADA MESMO!
AOS PARCEIROS BOA SORTE!!!

Anônimo,  26 de março de 2009 14:52  

Todos criticamos o exame de ordem,mas o que podemos constatar é que ele ralmente tem muito sentido. Deus do céu, se essas pessoas, candidatas a advogados, não sabem fazer um simples recurso que nem de formalidade precisa (como é exigido no processo jdicial), como é que querem ser advogados? Não estou querendo denegrir ninguém, mas sejamos honestos nas nossas críticas e com o exame de ordem.

Anônimo,  26 de março de 2009 16:09  

nobre doutor é o Rodrigo que passou o email ontem logo cedo, e queria saber se o senhor ja terminou-o, ou seja, se nao poder responder de todos coloue-os no blog sobre cada area que foi enviado pra o senhor, por favor ao menos um norte para que fazemos nossos recursos

Anônimo,  26 de março de 2009 18:24  

Não concordo com a pessoa que postou o comentário acerca de não sabermos fazer recurso..O problema aqui é crucial e a maneira que você redige o recurso conta muitos pontos para a banca examinadora. Assim como uma pessoa não está totalmente preparada para advogar só tendo passado no exame da ordem, as mesmas pessoas também não estão totalmente preparadas para fazer um recurso, pois assim como uma inicial ou um recurso mal feito por um advogado custa dinheiro e perda de tempo assim ocorre com o recurso administrativo..

Talita 26 de março de 2009 20:11  

Dr Mauricio é com imensa tristeza que leio seu post, deveria ter imaginado que isso poderia acontecer. Mesmo assim agradeço sua boa vontade, e de coração desejo muito mais ainda sucesso pro senhor.
Obrigado pela disposição e pelo blog.
Fernando

RAFAELA FILTER - RS,  27 de março de 2009 10:42  

Dr. Maurício, venho acompanhando o blog desde a última prova em que me faltou 1 ponto na segunda fase. Nesse exame aprovei e foi a glória ver meu nome na lista.
Parabéns pelo sucesso e pela sua dedicação para com os examinandos.

Quanto a inscrição na OAB, onde posso encontrar informação sobre o Certificado de Habilitação no Exame de Ordem. Liguei na OAB daqui e me informaram que o Cesp informa quando este certificado estará disponível na seccional. Sabe me informar onde encontro isso?

Outra coisa. Minha prova foi muito mal corrigida. Acha interessante fazer recurso para aumentar a nota?

Mais uma vez, obrigada!

Grande abraço e sucesso sempre!

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP