Mulheres arrasam os homens no Exame de Ordem

segunda-feira, 5 de abril de 2010


Nota publicada na coluna "In Loco" do jornal O Fluminense, de 04/04/2010:

Arrasadoras

"É assustador para os homens. Mas as mulheres estão jogando pesado nas provas de exame de ordem em relação ao dito sexo forte. Por exemplo, nas solenidades de entrega de carteira na OAB de Niterói estão massacrando os homens sem dó nem piedade. Dão de goleada. Na última cerimônia, 30 mulheres contra 11 homens receberam as carteiras de novos advogados. Nos concursos públicos, idem. É só observar o número de mulheres trabalhando em todos os ramos do Judiciário. É uma covardia. O lamentável é que os homens estão apáticos e sem coragem de enfrentar o apetite por espaço das até então consideradas do sexo fraco."

E vocês? O que acham desta nota? As mulheres estão mesmo tomando o espaço dos homens no mundo jurídico? Nas cerimônias de entrega da carteira da Ordem as mulheres são maioria?

8 comentários:

Wladislau 5 de abril de 2010 12:51  

Qual foi a proporcionalidade? 50homens e 50 mulheres? Se for números iguais da para favorecer :)

lucas 5 de abril de 2010 12:56  

Parabéns a elas, por isso eu as amo ;P

Airton 5 de abril de 2010 13:37  

Concordo com os números apresentados, mas, omitiram um dado essencial, este resultado é consequência da maioria esmagadora de mulheres acadêmicas matriculadas nos Cursos de Direito.
Mas, temos que nos resignar ao avanço participativo das mulheres nas áreas do direito, sucesso para elas.

Maria Doralice 5 de abril de 2010 13:55  

Desde que eu não seja subalterno de nenhuma delas... rs rs rs Quando se meterem em encrencas pesadas com pistoleiros, crime organizado, fazendeiros sucumbentes bem nervosos... policiais corruptos, servidores públicos, políticos violentos etc, correm pro nosso colo desesperadas...elas só querem o filé, o que realmente agride a sociedade, as mulheres sempre temerão, com muita razão, são seres que nasceram e sempre serão dóceis e sensíveis, e as amo demais por isto, senão estaríamos ferrados, estaremos sempre a postos para protegê-las e auxiliá-las com amor e compreensão.

Errinelson Pimentel 5 de abril de 2010 14:13  

É fato. Direito é a área delas, boa memória e verbalização. O homem é mais lógico, assim padece diante da ascensão das mulheres ao poder judiciário.

Hamilton 5 de abril de 2010 14:13  

Além da capacidade igual e da dedicação que é de cada um, faça a experiência.
Pegue dois alunos (1 mulher e 1 homem) ambos chegam em casa e avisam - após formado vou estudar para o exame OAB ou para concurso - Resposta: 1) claro filha não tem problema. 2) O que filho? você vai ter que trabalhar, não vou mais te sustentar.
Há honrosas exceções, mas em geral esta é a regra.

Maria Doralice 5 de abril de 2010 14:56  

Tomara que cheguem à Presidência da República e ocupem a toda direção da OAB em todo o Brasil, e também do CESPE. Assim teremos esperança na palavra transparência.

Sil 7 de abril de 2010 21:18  

Não é nada disso não, tenho certeza. Observem os primeiros lugares: 99% são homens, tanto na OAB como em concursos. A questão é que a quantidade de mulheres que participam é maior, por isso a aprovação é maior. Mas, eu como mulher, luto pelo meu espaço, que está cada dia que passa mais difícil...Por isso, ao invés de perder tempo com futilidades, dedico meu tempo a coisas úteis, que tragam benefícios para mim e que ajude os outros. Os homens, eu acho, são mais dedicados quando o assunto é estudo, mas é óbvio, que toda regra tem exceções, e como tem.

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP