Edital do Exame de Ordem 1.2010 será publicado em 10 de maio

quinta-feira, 15 de abril de 2010

O presidente da Comissão Nacional do Exame de Ordem, Walter Agra Júnior, informou nesta quinta-feira (15) que o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil se reuniu nesta quarta-feira (14) e decidiu que o edital para a realização das provas da primeira fase do Exame de Ordem da OAB 2010.1 será lançado no próximo dia 10 de maio.

Walter Agra, que também é conselheiro federal da OAB-PB, disse que as inscrições, que terá taxa unificada em todo o Brasil de R$ 180 (cento e oitenta reais), serão realizadas de 10 a 30 de maio. Ainda segundo o presidente, a previsão é que as provas sejam aplicadas na primeira quinzena de junho.

Com relação à segunda etapa do Exame de Ordem 2009.3, que acontecerá neste domingo (18), Agra revelou que a expectativa é que até 18 de maio seja divulgado o resultado final da análise.

Fonte: ClickPB

Pois bem, três notícias em uma só matéria.

Se o edital será publicado no dia 10/05, a OAB terá de esperar no mínimo 30 dias para aplicar a prova objetiva, de acordo com o caput do Art. 5 do provimento 136/09.

O primeiro domingo após esses 30 dias cairá no dia 13 de junho. Isso não quer dizer que no dia 13 teremos a prova, a OAB pode optar por um outro domingo, mas antes dele não será.

Também tivemos a unificação do valor das inscrições, e, tal como abordei no último post, o valor médio de R$ 150,00 foi majorado para R$ 180,00.

E, por fim, o resultado da prova de domingo possivelmente será publicado no dia 18 de maio, ou seja, daqui um mês.

Agora todo mundo pode se organizar. Já começou a corrida para o próximo exame.

18 comentários:

Thiago 15 de abril de 2010 14:02  

http://www.oabpb.org.br/noticias.jsp?idNoticia=4247&idCategoria=1

Coloca o site da OAB/PB como fonte que ficar melhor.

Abraço!

carolina 15 de abril de 2010 14:08  

Que ABSURDO! r$180,00!!! dE ONDE BACHARÉIS QUE NÃO TEM EMPREGO VÃO TIRAR 180 REAIS PRA SE INSCREVER PARA UMA PROVA QUE SEQUER DEVERIA EXISTIR!????? Ai que vergonha.. cada vez mais me enoja essa Ordem dos Advogados desse país vergonhosos que é o Brasil!

Gabriel 15 de abril de 2010 15:11  

Eu tenho vergonha profunda de ter nascido nesse país.
Aqui nada se respeita.
Alguma razão existe para sermos de 3º mundo com níveis de desenvolvimento pífio.
Com essa mentalidade, não tem como irmos pra frente.

.:.Tatá.:. 15 de abril de 2010 15:15  

O que nos resta é continuar estudando!(revoltante a decisão...) Boa sorte a todos!

Errinelson Pimentel 15 de abril de 2010 15:28  

É melhor cobrar taxa de inscrição de uma prova nesse valor, do que cobrar anuidade de advogados, tendo em vista que a maioria não paga, é uma anuidade garantida. Multiplica 3 x 18= 540, ou seja, o indivíduo que não for aprovado está na roça. Que tenha o exame, mas que seja feio pelo Governo Federal com uma taxa simbólica.

André UJS-SBS 15 de abril de 2010 15:50  

ótima notícia!!!
que venha dia 13 de Junho!!!!


a CESPE que me aguarde!!!

André UJS-SBS 15 de abril de 2010 15:50  

ÓTIMA NOTICIA


QUE VENHA O DIA 13 DE JUNHO!

Ana Cristina 15 de abril de 2010 15:51  

Absurdo com certeza, mas uma vez os bachareis ficam prejudicados. O grande problema que não lutamos veemente e constantemente para se mudar esta realidade de vez, aos que passarem, de logo, esquecerão suas lutas e desabores em busca da tão esperada carteira vermelha, aos outros que ainda não passaram desta fase, as choramingas e blasfémeas são constantes. De quem é o problema e de que forma podemos resolver-lô??????

texugo 15 de abril de 2010 15:53  

numero medio de examinandos por exame de ordem:
70000

valor das inscriçoes:
180 reais

numero de exames por ano:
3

calculos:
70000x180x3=37800000

isso mesmo, sao trinta e sete milhoes e oitocentos mil reais por ano.

quem acha que o exame de ordem pode um dia acabar é inocente, nao se acaba com nada que da tanto lucro...

e ainda me aparece um tal "revoltado" dizendo que a OAB nao tem lucro com o exame de ordem, que o dinheiro arrecadado é para custear as despesas do proprio exame...quanta ingenuidade!

Mario Berger de Sousa 15 de abril de 2010 16:14  

Ué? A OAB tem um presidente de Comissão Nacional do Exame de Ordem? Esse cargo existe? Essa pessoa existe?

Noss.. caramba! Estou pasmo com essa notícia bombástica, deveria ter sido dado maior destaque a esse fato novo aqui no blog.

Afinal, durante todo o merdelê que foi esse lance da fraude no exame de 2009.3 esse sujeito aí não se manifestou.

Agora que sabemos que ele existe, não tá na hora de sugerir que ele peça as contas? Afinal, ele como "presidente" da Comissão de Exame de Ordem, deveria se responsabilizar pela titica de 1,5 MILHÕES de Reais que a OAB vai tomar de prejuízo.

Aliás... como a OAB arrecada, arrecada, arrecada e não presta contas pra ninguém, essa dívida deve ser encarada apenas como uma "marolinha" (no melhor estilo Luiz Inácio) diante do ego gigante desses caras que mandam e desmandam na OAB.

Se não fosse pela ridícula obrigatoriedade de filiar-se à OAB, passaria LONGE desta instituição, que pra mim é como se fosse um sepulcro caiado:

Belo por fora, mas por dentro repleto de toda podridão.

Rose 15 de abril de 2010 16:24  

180 reais!!! Creio que essa foi a forma que encontraram para suprir o prejuízo financeiro que tiveram com o a anulação da prova 2009.3. Ou seja, os reais responsáveis não pagam a conta, quem paga são os "pobres" bacharéis...esse é o BRASIL com seu famoso JEITINHO!!!
Rose

Cláudio Souza Jr. 15 de abril de 2010 17:39  

É, o ser humano bacharel em Direito tem que sofrer mesmo, pelo que parece. Menos mau eles terem esticado o período de inscrição até o dia 30, não é? Assim os que não se saírem bem em 2009.3 podem até tentar de novo com uma certa folga. Grande coisa...

VFCN 15 de abril de 2010 18:08  

nossa....

agora eu já sei de onde é que a OAB quer se ressarcir do prejuízo de reaplicação desta 2ª fase.

Assalto, mais caro que concurso pra juiz... sacanagem.

bacana 15 de abril de 2010 18:54  

seria uma boa cabar de vez com este exame, haja vista que nao conseguimos sequer custear nosso curso, quanto mais pagar 180 reais para prestar este FALIDO exame, vamos pedir por sua extincao mesmo. abracos

Tony 15 de abril de 2010 23:11  

1º em São Paulo já custa R$ 180,00 o exame, assim, quem for daqui já sabia a dor do parto.
2º Para quem tem vergonha do país, vá fazer par com apresentador de TV da tarde e talvez, se não der certo, se mude daqui, talvez as pessoas na Venezuela estejam precisando de advogados, está aí uma dica.
3º Todo mundo reclama de pagar R$ 180 para fazer um exame, mas a hora em que é aprovado, o sujeito trabalha de graça ou quase de graça e põe a classe toda na desgraç, já que presta um serviço ruim (na maioria das vezes, não é generalizado), pois, acha que por pouco, pouco vale. A vida é cheia de reclamações, claro o exame não é uma maravilha, pagar também não, mas, convenhamos que nenhum dos dois é impossível, afinal, boa parte de nós bacharéis pagamos mensalmente, durante 5 anos cerca de R$ 500,00 à R$ 1.000,00 mês, em média na faculdade e fora o cursinho e agora reclamamos do valor do exame.
Será que não é hora de pensar melhor onde investir o dinheiro, pq se a faculdade não te deu o suficiente é porque ela não prestou ou foi você que não prestou?
Fazer então o cursinho te ajudou? A pergunta é se você não levou 5 anos a sério será que pagar mais uma grana para o cursinho (que vale em média duas inscrições)vale a pena?
Pensem bem, talvez não seja (mas é) caro o exame, talvez sejamos nós que gostamos colocar a culpa muitas vezes nas pessoas quando somos nós os culpados por sermos incapazes e imaturos suficientes para admitir que o caro não é a taxa mas o que fizemos com os 5 anos de estudo.

Rafael 16 de abril de 2010 06:19  
Este comentário foi removido pelo autor.
moreno 16 de abril de 2010 09:54  

tony tony, nem todos estudaram em faculdade particular e nem todos são filinhos de papai como vc q pode pagar 180,00 reais. E quem está prestando pela primeira vez, pagar 180,00 reais não é muito???

E se alguém trabalha quase de graça é pq a Ordem não fiscaliza tony, pq a Ordem permite que um advogado explore o outro, então não culpe aqueles que estão começando na carreira e tem que sujeitar a tais tipos de coisas, vc é que não está enxergando toda a situação.

No mais, Dr. Maurício e qualquer outro advogado nunca irá contra esta decisão, simplesmente pq alguém terá que pagar a conta, e isso irá parar na Anuidade, tentem enxergar todo o quadro.

William Magalhães 16 de abril de 2010 12:18  

Me parece que aumento é para custear a lambança e a reaplicação da 2009.3, e quem vai pagar a conta como sempre são os estudantes que não tiveram nada com isso.

Att,
Dr. William Magalhães
OAB-DF

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP