Considerações sobre as probabilidades de anulação das questões da prova objetiva

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Saiu enfim o gabarito oficial do Exame de Ordem 3.2009. Esse é um momento importante, pois as dúvidas serão finalmente dissipadas. Dependendo da pontuação obtida pelo candidato, as probabilidades de aprovação se apresentam da seguinte forma:

Candidato com 50 pontos - Independente de quantas ou quais questões o Cespe anule futuramente, quem fez 50 pontos está 100% na 2ª fase e nada pode mudar isso. Anulação de questões não gera decréscimo na nota. Ou ela se mantém a mesma ou sofre um aumento, nunca redução.

Candidato com 49 pontos - Se o cespe anular uma questão, a probabilidade de que essa questão seja uma das que você errou é de 50%. Se anular duas, 75% e se anular três, 95% de chances.

Candidato com 48 pontos - Se o cespe anular duas questões, a probabilidade de que essas questões sejam duas das que você errou é de 25%. Se anular três, 50%, e se anular quatro, 75% de chances.

Candidatos com 47 pontos - Se o cespe anular três questões, a probabilidade de que essas questões sejam três das que você errou é de 7,5%. Se anular quatro, 25%, e se anular cinco, 50% de chances.

Vejamos o histórico de anulações do exame unificado:

2006.1 = 3
2006.2 = 8
2006.3 = 3
2007.1 = 2
2007.2 = 4
2007.3 = 4
2008.1 = 3
2008.2 = 3
2008.3 = 6
2009.1 = 3
2009.2 = 2
2009.3 = ?

Nunca o Cespe anulou apenas uma questão;

Apenas 2 vezes anulou 2 questões;

Em 5 oportunidades anulou 3 questões;

Em 2 anulou 4;

Em 2 anulou mais de 4.

A lógica das anulações sempre foi no sentido de que, caso a prova tenha sido difícil, mais questões são anuladas, caso a prova tenha sido fácil, menos questões são anuladas. Vem sendo assim faz um bom tempo.

Entretanto, a última prova foi considerada difícil pela maioria dos candidatos, e, curiosamente, foi uma das mais bem elaboradas.

Na verdade, estamos agora tratando de um novo Exame de Ordem sob um novo provimento e a lógica que norteava as provas anteriores talvez não mais seja aplicável. Afora o fato do grande trauma causado pelo Exame 2.2009.

Circulou um boato (e eu trato como boato, pois não vi nenhuma confirmação oficial) que a banca do Cespe responsável pela prova da OAB foi dispensada. Boato ou não, é um indicativo de que a gestão interna do Exame mudou. Em relação a mudança eu tenho certeza.

As reuniões do final do ano passado dos presidentes das Comissões de Exame de Ordem de todas as Seccionais foram algumas vezes tensas, e muito foi dito e cobrado dada a péssima gestão do Exame anterior. Certamente a gestão do Exame da OAB mudou em decorrência da traumática experiência vivida (ainda vivida por muitos candidatos certamente injustiçados).

Fico com a impressão de que poucas questões da prova objetiva de domingo último serão anuladas. A unificação do Exame já tem algum tempo e a tendência é que a dupla Cespe/OAB erre cada vez menos.

De toda forma, a torcida de cada bacharel agora é pelo maior número de questões anuladas. Mas ninguém deve se iludir. Acontece, evidentemente, alguns milagres, como uma candidata que no exame 3.2008 se beneficiou das 6 questões anuladas e foi para a segunda fase. Isso foi uma excepcionalidade. Quem fez 46 ou 45 pontos têm chances, mas são muito, muito remotas. Quem fez 44 pontos, para mim, não deve nutrir esperança alguma. Seis anulações no exame 3.2008 geraram críticas da própria OAB em relação ao Cespe. Não creio que tal exposição ocorra novamente. No exame 1.2009 a OAB anulou apenas 3 (sua média) e nem por isso a prova foi menos problemática do que sua antecessora.

Na última prova objetiva, que foi considerada relativamente fácil, só tivemos 2 questões anuladas, acarretando até críticas ao Blog, depois rebatidas pelos fatos - Terrorismo?

Quanto aos recursos, o Blog Exame de Ordem sempre os elaborou. Assim que eles estiverem prontos eu publicarei aqui, como também qualquer outro que aparecer pela web.

Os cálculos de probabilidade aqui apresentados são apenas estimativos.

9 comentários:

Ramiro López 19 de janeiro de 2010 18:33  

Não consigo mais ter vontade. Eu avançei visto que o grau de dificuldade desta prova não me fez ter diminuição no número de acertos. Me mantive firme como se o "terremoto" não tivesse me feito "cair". Ocorre que "me manter" foi ficar nos 48 acertos, pela segunda vez e isso é torturante!
Não me vejo na 2ª fase e se estiver lá será uma baita ironia... que ânimo p estudar com o afinco necessário...
Sou otimista e percebo o avanço do processo mas to mt descontente...

Ve 19 de janeiro de 2010 18:38  

Excelente comentário! Essa estatistica é boa pra dar uma luz!
48 pontos... estudar ou não estudar pra 2ª fase? Ter ou não esperanças? Aiai...=(
Mas o blog ajudou!
Obrigada!

Ve 19 de janeiro de 2010 18:41  

O blog nos ajuda a fazer recursos? Li no texto que é disponibilizado aqui. Onde podemos ver?

Franco 19 de janeiro de 2010 18:44  

Há possibilidade de alteração de gabarito? Isso seria uma forma de prejuduicar, pois poderia reduzir a pontuação de alguns candidatos.

Abçs.

Kelmerson Henri Buck 19 de janeiro de 2010 19:20  

Prezados colegas, o que Vcs me indicam de bibliografia para a segunda fase, não havia me preparado para a primeira fase e por ironia do destino passei, então gostaria de aproveitar a oportunidade e fazer na segunda fase o que não fiz na primeira estudar muito....se puderem me ajudar com algo mais resumido e objetivo, mas que abarque o necessário.....lhes sou grato.

Boa Sorte a Todos!

Abs

Perséfone 19 de janeiro de 2010 19:31  

Glória a Deus! Aprovada!!!!!!

LIZI 19 de janeiro de 2010 19:42  

Oh Doutor, o senhor poderia nos dar uma dica sobre quantos dias, a partir de agora, a OAB leva para divulgar as listas com os nomes aprovados.

E um assunto palpitante, entre nós, é quais as mais badaladas para eventuais anulações.

Abs

T 19 de janeiro de 2010 20:02  

cara meu primeiro exame...fiquei com 48 pontos...nao sei se eh uma boa ficar tao otimista assim...o melhor mesmo era ter passado sem ter que ficar dependendo de anulacao...mas na internet as pessoas falam com uma certeza tao grande...de que devemos estudar...agora o dificil eh vc colocar a cara no livro e nao ficar pensando "sera?"....
vamos ver no que vai dar...enquanto isso vou me preparar como posso...pelo menos nao vou estar perdendo nada.

mila 20 de janeiro de 2010 00:59  

Oi Maurício, excelente esse teu post!
De grande valia seu blog. Sem dúvidas o mais útil que achei dentre aqueles que dispõe os tão requisitados recursos contra a cespe.
Aguardo ansiosa por mais questões anuláveis e seus respectivos recursos!!
Vc foi uma luz para mim, não tinha nem ideia de como interpor esses recursos. Ainda bem que achei teu blog, confesso agora estar com esperanças de ir para a 2ª fase, já que eu pontuei 47 questões.
Te agradeço profundamente e, por favor, por DEUS, post todas as possíveis questões anuláveis e as respectivas fundamentações, ta?!
Mais uma vez, obrigada!!
Deus te abençoe!!!!

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP