O que você achou da prova?

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Após 2032 votos já é possível traçar uma impressão geral dos bacharéis sobre o grau de dificuldade da prova objetiva de domingo. Vejamos o resultado final:

Fácil 81 votos (3%)

Razoável 367 votos (18%)

Difícil 1394 votos (68%)

Impossível 190 votos (9%)

O percentual de 68% dos participantes entenderam que a prova foi difícil, e, somando com o percentual de 9% daqueles que a acharam impossível, temos 77% dos candidatos passando a impressão geral sobre o grau de dificuldade da prova.

Vamos comparar o resultado dessa enquete com as impressões colhidas nos Exames 2.2009 e 1.2009.

2.2009:

Fácil 83 votos (5%)

Razoável 436 votos (31%)

Difícil 609 votos (43%)

Muito difícil 274 votos (19%)

1.2009:

Fácil (2%)

Mediana (12%)

Difícil (34%)

Muito difícil (49%)

Observa-se que as impressões variam bastante de prova em prova. Entretanto, ficou claro que a impressão do grau de dificuldade da última prova foi majoritariamente difícil. É interessante comprar essa impressão com o resultado final, quando teremos o percentual real de aprovados.

Hoje ainda será publicado o gabarito oficial, por volta das 18:00h.

3 comentários:

ciciliotti 19 de janeiro de 2010 12:35  

é triste passar na 2009.2 na primeira etapa e não passar na 2009.3 por pouquissimos pontos...

sinceramente, vou dar um tempo...nao vou focar mais essa prova, porque cada vez que passa sinto que muda alguma coisa, alguma regra, alguma forma de aplicar e sempre fico na beirada, estudei projeto tribunais, estudo pra concurso, eu sempre consigo entrar na lista de aprovados em concurso e na OAB nao entro, e o pior que é a mesma banca.

vou focar concurso e esquecer a OAB por enquanto, oab tem toda hora e concurso bom raramente tem e seu passar no concurso não precisarei da carteirinha da OAB pq exercerei atividade incompativel com a advocacia...então...meter a cara nos livros, reprovar só me estimulou mais estudar pra concurso.

Donizete 19 de janeiro de 2010 12:55  

Pelo que pude perceber, o último ítem (impossível/muito difícil) da enquete é que dá uma noção do percentual de reprovados (ou de aprovados). Neste exame somente 9% acharam a prova muito difícil (impossível), por isso, estou supondo que o percentual de aprovação vai ser alto; ou melhor, ficará dentro das médias históricas (30%/35%)

Cláudio Souza Jr. 19 de janeiro de 2010 15:21  

Acredito que podemos prever mais de 30%. A segunda fase então... Sem a pesquisa, vai ser um fiasco... Mas quem escolhe ser advogado se submete a isso, infelizmente.

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP