Questões 1 e 5 da prova de trabalho

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Pelas informações que estão me passando, o Cespe não anulou as questões 1 e 5 da prova de trabalho. Não é de surpreender. Muitos candidatos seriam aprovados com a eventual anulação dessas questões, alterando dramaticamente o número final de aprovados. Além disso, se tal anulação fosse feita, colocaria a elaboração das provas em xeque, em um momento de grande pressão sobre o exame de ordem.

Outros caminhos terão de ser seguidos...

7 comentários:

Anônimo,  4 de dezembro de 2008 12:24  

era previsto a não anulação.
passa tempo.. passa tempo.. chega logo 17h

Anônimo,  4 de dezembro de 2008 13:48  

Para mim o descaso na elaboração e correção da prova é o que mais coloca em xeque o exame de ordem, porém pra minha humilde opinião não era o exame que deveria estar em xeque e sim a pouca vergonha de de atirar sobre colo de uma empresa tercerizada a responsabilidade sobre erros desde a aplicação até o resultado. Esta responsabilidade deveria ser direta a OAB,obrigando mais comprometimento e colocando frente a frente nos que pagamos anuidades como bacharéris e advogados com os responsáveis por tal exame.
O exame é importante..valoriza a profissão porém deve ser sério e responsável não esta bagunça de hoje sendo uma prova que não prova exatamente nada!!!

André Monteiro

Anônimo,  4 de dezembro de 2008 13:50  

Me desculpem queria dizer estagiários que pagam anuidade e não bachereis!

Anônimo,  4 de dezembro de 2008 16:05  

concordo!

Deve ser realizada a prova, mas deve ser gratuita e com correções sérias. Querem esconder seus erros em empresas privadas para elaborarem as provas.
Olha Dr. cançado não se esqueça que antes com 10.000,00 se conseguuia a carteira de advogado.
Cadê aquela investigação da PF?
Vergonha, não faço mais esta prova!!!

Anônimo,  4 de dezembro de 2008 16:37  

Calma pessoal, pois existe o Mandado de Segurança...

elias 4 de dezembro de 2008 18:31  

gente, pro MS não precisa a resposta do Cespe? como será essa correção???? eles vão divulgar o recurso administrativo apontando o que consideraram ou não???
por favor, help!!
Londrina Pr

Anônimo,  6 de dezembro de 2008 01:56  

Olá caros Colegas!
Acho um absurdo, pessoas que se dizem melhores que os outros, sobretudo quando o que se está em pauta é uma prova tão questionável do ponto de vista "seriedade", parece até que no fim da história toda vamos receber um alto salário?!
O descaso na correção é simplemente o que mais me deixa indignada, o exame de ordem, virou loteria, se vc der sorte de corrigirem sua prova, vc passa, se não fica com o amargo gosto na boca e não tem quem o faça seriamente pra vc...
Infelizmente a ganância e a falta de honestidade é imperante nesse nosso país, pois saibam carríssimos, essas notas que nos concederam, 5.30, 5,20 e por aí... faz com que eles mesmos ganhem mais, para analisar os nossos recursos... é só mais uma fonte de renda pra quem corrige mal uma prova que trava a vida daquele que pagou por um curso e acabou levando outro...
Cá pra nós, que vergonhaaaaaaaa!!!!
E ainda tem pessoas que falam vão estudar...
Aposto que esse mesmo cara passou por sorte!
Mas eu não estudei sério para depender de sorte, se não existe preparo da parte deles como podem combrar isso de nós????
Felizmente passei, mas já amarguei o fel da reprovação e sei o quanto é indigesto, e olha que o que mais fiz foi estudar... por isso desprezem esse comentário, apenas peçam a Deus que tenham sorte...
Pois somente isso que tenho visto, não é competência e sim sorte!
O que nos parece uma tremenda LOUKURA, pois como é que pode ser esse o critério CESPE????

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP