O que vocês acharam da prova?

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Participem da enquete disposta no lado esquerdo do Blog.


O que vocês acharam da prova?

18 comentários:

Donizete 28 de fevereiro de 2010 21:51  

É lógico que ainda é muito cedo para se avaliar, mas pelo jeito (pela enquete) fácil a prova não foi.

rebeca 28 de fevereiro de 2010 21:54  

Tributário:

1) 155, I , CF - Competência;
155, § 1º, I - imóveis;
155, §1º, II - móveis.

2) 148, I, CF
só por LC e competência da União

3) Consignação em pagamento, Art. 282 e 890 e seguintes do CPC e 164, III, CTN;
Recife - PE art. 3º, III, LC 116/2003 - Cosntrução civil.

4) Art. 123 CTN;
Art. 34 CTN- Agente passivo - contribuinte o proprietário.

5) Denuncia espontânea - 138 CTN

Sixmony 28 de fevereiro de 2010 22:01  

A prova de penal não estava difícil, porém é muita coisa para escrever em pouco tempo. E não dá para fazer rascunho e como nem todo mundo pensa as coisa em sequencia... então a peça fica uma zona... mas espero que tenha dado.
Deus Obrigada!!!

Jessé 28 de fevereiro de 2010 22:28  

segundo os comentário do renato saraiva eu acertei todas.
lol

Cher 28 de fevereiro de 2010 22:41  

a prova de administrativo foi um terror só em relaçao a peça, que todos estao nessa duvida se era ms ou ordinaria. o enunciado nao dizia em qual data o cliente vinha procurar o advogado, entao a maioria impetrou ms, no que vejo coerencia, ja que a questao pedia a medida judicial mais celere.

tou aguardando alguem enfrentar a questao! rsrs

Diogo 28 de fevereiro de 2010 22:47  

Achei a prova fácil, pelo gabarito do professor Renato saraiva acertei a fundamentação jurídica de todas, além de acertar a peça, será que ainda há possibilidade de num passar???

Marcelo Antunez 28 de fevereiro de 2010 23:28  

A prova de Trabalho, em sua essência, estava fácil, com exceção da questão 3, que achei difícil e acertei "décimos". A peça, um Recurso Ordinário, com Preliminar de Cerceamento de Defesa.
Mas a verdade virá, daqui a 30 dias, quando sair o resultado.
Por enquanto é uma questão de pura Fé!!!

Diego 1 de março de 2010 03:11  

A prova 2006.3 de ADM teve o mesmo problema da de hj.
O gabarito oficial do cespe apresentou MS como peca certa.
Quem entrou com recurso levou por acao ordinaria.
Pelo certo o criterio de correcao deveria ser o mesmo!

Pablo 1 de março de 2010 05:45  

Não fiz a prova, pois estou concluindo o último semestre no meio do ano, no entanto venho acompanhando as últimas provas da oab. Tive a impressão de que a prova de Trabalho foi mais tranquila se comparada com as ultimas edições.

Ralffer Barbosa 1 de março de 2010 07:43  

Sinceramente?

Bom, fiz trabalhista.

Não achei a prova difícil pelo conteúdo exigido nas questões - tanto a peça quanto as abertas -, mas sim pelo pouco tempo que nos é dado para escrever. Aproximadamente de 300 a 600 linhas em pouquíssimas 5 horas.

Vejamos:
- cada questão (5) tem 30 linhas = 150;
- a peça tem 150.

Se considerarmos que pelo menos um rascunho norteador leva ao menos metade das linhas, teríamos:
- rascunho das questões: 75 linhas
- rascunho da peça: 75 linhas
- peça final: + ou - 100 linhas
- questões definitivas: + ou menos 100 linhas

TOTAL: 350

Diria que os mais detalhistas, preocupados com uma dissertação bem estruturada, chegam bem próximo das 600. Os mais objetivos, menos preocupados com a estrutura dissertativa, permeiam as 350 linhas.

Fora isso, existe uma questão psicológica e outra física que, aliadas ao fator tempo, resultam em um estresse sem precedentes que, ao meu ver, é algo desnecessário.

Pois bem, levando em consideração todo o contexto (dificuldade das questões + tempo) diria que a prova, pelo menos a trabalhista, foi difícil.

No meu caso, deixei a questão 3 em branco pois, de imediato, considerei ser a mais difícil e a deixei por último. No final, não deu tempo de resolver. Quanto à peça, sabia todas as respostas de cabeça, mas não consegui encontrar todos os artigos para fundamentar os argumentos. Aleguei as matérias necessárias (inclusive o cerceamento), conclui com os pedidos, e assinei ADVOGADO. Acho que tenho alguma chance.

É a minha opinião.

diogo 1 de março de 2010 09:49  

Me esqueci de pleitear a preliminar de nulidade de sentença, apesar de aguir cerceamento de defesa, será que terei muitos descontos?
As outras questões estavam acessíveis, creio eu.

cleiton melo 1 de março de 2010 10:04  

A peça se tornou complicada pq nao existia fundamentaçao, passei 1 h procurando. tinha 3 quastoes boas as outras 2 tava matando,em 1 pegadinha pra variar. No geral,achei ser mais facil pois nao era mais possivel consulta.

márcio 1 de março de 2010 10:28  

Fiz a prova de Direito Constitucional, quanto as questões discursivas estavam em grau de dificuldades razoáveis. A surpresa foi a peça... Caiu uma CONTESTAÇÂO...Quem escolheu Direito Constitucional estudou essa peça??? Ralei durante o mês inteiro depois do trabalho, horas e horas abdicando de descanço e atenção à família...Para acontecer algo assim...
Tudo bem...Alguns vão dizer...Contestação está no Edital, deveria ter estudado também....Pergunto a você que fizeram Direito de Trabalho, se caisse uma ADIn genéria, saberião fazer???
Estou muito chateado, não com uma injustiça, como disse estava no Edital, estou aborrecido é com a falta de um parâmetro mais lúcido, mais coerente da CESPE....
Agora é rezar e dedicar com mais ânimo, mais afinco, mais paciência...mais tudo...

Ari 1 de março de 2010 11:56  

Fiz a prova de Trabalho, inicialmente fiquei em dúvida quanto à competência da JT porque apesar de o pedido versar sobre indenização, eles estavam discutindo a ocorrência do acidente. Mas com calma, conclui que seria uma pegadinha e graças a Deus, pelos comentários do professor Renato Saraiva, autor pelo qual estudo, fiz tudo certinho e errei apenas a primeira questão, de bobeira, é verdade. Agora é esperar pelo dia 29!

polhane 1 de março de 2010 12:27  

por favor alguém tem noticia das questões de CIVIL... até agora só falaram das outras matérias...

Lina 1 de março de 2010 13:37  

Achei a peça de penal trabalhosa e cheia de teses e pedidos, não dava para achar que a Cespe daria colher chá para nós só porque reprovou em massa na 1ª Fase.
A sensação de todos que saem da prova é de que foram bem, porque analisando, todos já viram essas matérias e teses na faculdade, mas resta saber como vai ser a correção das provas!

Sorte a todos!

anne 1 de março de 2010 13:40  

Polhane entre no site do curso esfera (http://www.cursoesfera.com.br/) o professor Fábio Alves colocou comentários sobre a prova de civil.

na peça foi contestação

Falcão 1 de março de 2010 19:37  

Assim como a Polhane, gostaria de saber se alguém tem notícias da prova de CIVIL?

Se algum professor ou curso já teria divulgado algum gabarito extraoficial?

Grato a todos!

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP