OAB propõe Meta 3 ao CNJ para julgar casos de corrupção com verba pública

sábado, 5 de dezembro de 2009

Brasília, 04/12/2009 - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, propôs hoje (04) que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabeleça agora a Meta 3, destinada a agilizar todos os processos que envolvam desvios de verbas públicas, em tramitação nas instâncias do Poder Judiciário. "A nova meta seria limpar a pauta do Judiciário no que se refere a processos envolvendo como matéria principal os desvios de recursos públicos; essa questão precisa ser priorizada em todas as esferas da Justiça", sugeriu Britto. Para ele, essa nova meta - a Meta 2 do CNJ, atualmente em curso, visa concluir os processos que ingressaram na Justiça até 2005 - seria um sinal do Judiciário de que estará combatendo a corrupção, trazendo um alento para o resgate da credibilidade das instituições, que vem declinando.

O presidente nacional da OAB afirmou que defende como prioridade para o Judiciário o julgamento dos casos envolvendo desmandos com recursos públicos, numa espécie de Meta 3 do CNJ, "até pelo dano coletivo que essa questão tem causado à sociedade". Além disso, destacou, ao fixar essa meta como algo prioritário, "o Judiciário estará sinalizando que pretende estancar a impunidade e desestimular o crime". Ele acrescentou, ainda sobre a proposta de se dar preferência ao julgamento de processos envolvendo crimes com desvios de verbas públicas: "Trata-se de matéria de alta gravidade, razão suficiente para priorizar o tema e limpar da pauta do Judiciário todos esses casos, dando um grande exemplo de cidadania e de justiça ao País", sustentou Britto.

Fonte: OAB Federal

De longe essa foi a melhor idéia de toda a gestão do Dr. Cezar Britto. Seria realmente um alento para a sociedade brasileira ver o Judiciário emprestar a mais absoluta celeridade aos julgamentos dos crimes contra o patrimônio público.

O clima em Brasília está péssimo por conta da corrupção pornográfica que aconteceu por aqui. Nossa sociedade não aguenta mais tanta impunidade, além da doce passividade do Poder Público em prol desses parasitas sociais.

Chega dessa coisa de
País da Impunidade!!

2 comentários:

ELPREDADOR 5 de dezembro de 2009 10:56  

GOSTARIA QUE O PRESIDENTE CEZA BRITO TIVESSE ESSAS BRILHANTES IDÉIAS NAS QUESTÕES RELACIONADAS AOAB/CESPE, PORÉM, INFELIZMENTE, QUANDO SE TRATA DESSAS DUAS INSTITUIÇÕES, A COISA NÃO FUNCIONA E SÓ SOBRA PARA O BACHAREL EM DIREITO. HAJA, TORTURA!!!!

GebNut 5 de dezembro de 2009 15:46  

Se isto se tornar fato, estamos diante do alvorecer da nova era democrática desta nação. Parabéns ao Dr. Cezar Britto e aos demais membros da OAB que compartilharem esta empreitada. É necessário um empenho incomunal junto ao CNJ; é necessário um apoio incondicional do povo brasileiro a este propósito. As retaliações contra a OAB, especialmente provindas daquelas Casas de Fama Duvidosa (CN), serão automáticas. Em um ninho de vespas não se toca impunemente. Sabemos todos, muito bem, que tipo de gente ocupa hoje os cargos públicos no Brasil, e que tipo de gente responde aos crimes que serão alcançados por tal operação de limpeza nacional. Boa Sorte ! Conte com todo o Brasil Dr. Cezar Britto! Foi a atitutude mais sensata que já ouvi falar desde que coloquei os pés nesta gigante pátria desigual. Disto não tenho dúvida alguma.

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP