Recursos para as questões 18 e 28

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Indicação da leitora Alvina.

O curso Espaço Jurídico, de Recife - http://www.espacojuridico.com/ - disponibilizou em seu site os recursos para as questões 18 e 28. Cliquem nos links para acessá-los:

http://www.espacojuridico.com/visao/noticias/detalhe.php?id=1202

http://www.espacojuridico.com/visao/noticias/detalhe.php?id=1203

9 comentários:

Anônimo,  23 de maio de 2009 10:29  

VERDADE! A QUESTÃO 18, ESTÁ INCORRETA.
É AQUELE VELHO DITADO: A CESPE PROVOU DO PRÓPRIO VENENO, NA ELABORAÇÃO DA PEGADINHA, CONSIDEROU COMO CORRETA A RESPOSTA QUE DIZ QUE É DISPENSADO A AUTORIZAÇÃO, QUANDO NÃO SE EXIGE AUTORIZAÇÃO E SIM APROVAÇÃO ART 49 INC IV. DA CF.
POXA VIDA!

Anônimo,  23 de maio de 2009 13:38  

Anônimo, realmente o CESPE trocou as bolas na questão 18. Com certeza ela será cancelada.Não tenha nenhuma dúvida, a questão será cancelada 9se alguém recorrer contra ela, logicamente).

Anônimo,  24 de maio de 2009 07:44  

Ta ai! uma questão que eu não percebi o erro, aparentemente está correta.
Que maravilha hein!

Anônimo,  24 de maio de 2009 11:07  

O CESPE não trocou as bolas apenas nesta questão,trocou também em muitas outras. Mas uma vez mostrou o quanto somos falhos.E por quê os examinares não admitem os recursos para as questões que apresentam erros? Afinal, são erros muito evidentes.Se não os veem, ou fingem que não os veem é para não adimitirem que são falíveis. Todos nós estamos sujeitos a falhar, a cometer enganos. Admitindo-os não estariam assinando a própria sentença de burrice e, sim as suas falhas. Por que não pensam de outro modo? - Pois errar é humano e quem não erra, ninguém sabe tudo. Admitir nossos erros nos torna mais dignos de respeito. E assim poderiam dormir bem mais tranquilos, sem nenhum peso nas suas consciências.

Anônimo,  24 de maio de 2009 15:22  

Pode até ser que depois da fotação final do Projeto de lei 186/06 o CESPE passe a considerar os recursos e anular dezenas e dezenas de questões, mas hoje isso é impossível porque se acontecer o exame corre um risco grande de ser extinto; muitas questões anuladas pode refletir na decisão dos parlamentares na hora de votar o referido Projeto de Lei.

Anônimo,  24 de maio de 2009 17:02  

È a mais pura verdade! O CESPE não consegue admitir os seus erros. E isso caracteriza uma falta de hulmildade, ou melhor, uma falta de virtude. Mas isso é típico do CESPE. Afinal,ele dita as regras e obedece quem tem juízo.
Por isso mesmo,deita e rola.
-Quando isso vai acabar?
-Será que não vai acaba-r nunca?
-Será que não existe justiça neste país?
-Diante desse abuso de poder, a resposta não é outra; não existe.

Anônimo,  25 de maio de 2009 11:28  

Professor, o senhor não vai falar sobre recurso para a questão 76?
ela possui duas alternativas corretas...

Anônimo,  25 de maio de 2009 20:49  

Justiça? Isso não existe nem aqui no Brasil e nem em lugar nenhum do mundo. O judiciário age de acordo com as conveniências do momento, o resto é balela. Nem sei se quero ficar perto desse lixo todo (sendo advogado tem que ficar dentro da lixeira).

eliana 28 de maio de 2009 00:10  

como calar, se milhares de jovens, muitos bem preparados, caem da teia de perguntas da CESPE, e a entidade não admite seus erros para não serem canceladas muitas questões? isto é um absurdo, não eh só questão de humildade e sim de JUSTIÇA PARA QUEM COMO NÓS DEVERIAMOS ESTAR PRATICANDO-A. Há 3 anos a OAB de SC anulou 13 questões pq a CESPE não pode?

Postar um comentário

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP